Coordenador do DCE Ufba ameaça apedrejar carros com adesivos contrários a Dilma


Yuri Brito está revoltado com campanha contra Dilma e o PT

O coordenador-geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Yuri Brito, usou as redes sociais nesta terça-feira (16) para vociferar sua revolta com àqueles contrários à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Em sua conta oficial no Facebook, Brito, aluno do curso de Ciências Sociais da Ufba, ameaça apedrejar veículos e até os proprietários adesistas à campanha contrária à permanência do PT no poder.

“Acho que até o fim das eleições quando eu ver um desses carrões de luxo que tem o adesivo ‘Fora DiLLma e leve o PT junto’, vou dar pedrada. No carro e em todos os envolvidos”, postou o universitário.

Filiado ao PT, o representante estudantil, que é ligado ao deputado federal petista Valmir Asssunção, assumiu em 2013 a entidade máxima dos estudantes da universidade. Entres as promessas estavam a reestruturação acadêmica da instituição de ensino, construção de mais restaurantes universitários e ampliação do Buzufba, benefícios que os estudantes da Ufba ainda penam por melhorias nos campus.

Publicada no dia 16 de setembro de 2014, ás 18h10

Fonte: http://www.bocaonews.com.br/noticias/principal/politica/95827,coordenador-do-dce-ufba-ameaca-apedrejar-carros-com-adesivos-contrarios-a-dilma.html

Mãe e Filha assumem relacionamento

[IMG]

“Minha mãe ainda é minha mãe. Ela ainda faz coisas normais de mãe: me compra roupas, comida, me diz para fazer a minha cama. Nós apenas também gostamos de fazer sexo uma com a outra”.

Com essa frase eu conheci a história de Mary e Vertasha Carter, mãe e filha que assumiram um relacionamento lésbico uma com a outra. As leis proíbem a prática de incesto, principalmente pelo fato de relações entre pessoas da mesma família trazerem defeitos para os bebês.

“Ambas somos mulheres e obviamente não podemos fazer crianças. Seria diferente se o pai dela a engravidasse e nascesse um bebê com deformidades, mas nós não estamos machucando ninguém. Somos uma minoria nova e tudo o que queremos é que aceitem.” – disse a mãe, Mary Carter.

A mãe ainda declarou que a atração entre ele e a filha iniciou quando a garota completou 16 anos, mas elas discutiram e decidiram esperar que ela completasse 18 anos para que começassem a fazer sexo. Ela ainda afirmou que elas não tornaram seu relacionamento público para criar polêmica, mas sim para encorajar outras pessoas que estivessem em relacionamentos parecidos.

“Queremos que o mundo saiba que amamos uma a outra como mãe e filha e como amantes”.
Fonte: http://forum.outerspace.terra.com.br/index.php?threads%2Fm%C3%A3e-e-filha-assumem-relacionamento.394128%2F

CÉDULAS RARAS DE R$ 1 PODEM VALER ATÉ R$ 195

APESAR DE MILHÕES DE NOTAS TEREM SIDO GUARDADAS POR BRASILEIROS, PREÇO DE FACE PODE SER ALTO DEPENDENDO DA DATA DE EMISSÃO.

Nota vendida no site Mercado Livre por R$ 45 (Foto: Reprodução)

NOTA ANUNCIADA NO SITE MERCADO LIVRE POR R$ 45 (FOTO: REPRODUÇÃO)

O Brasil tem em circulação quase 150 milhões de notas de R$ 1, apesar de a Casa da Moeda ter deixado de produzir as cédulas em 2005. No fim daquele ano, havia em circulação mais de 583 milhões dessas notas. Entretanto, nos últimos anos, o número dessas cédulas não baixou muito. No fim de 2013, havia 149,374 milhões, contra 149,279 milhões no início deste mês, de acordo com dados do Banco Central (BC).

A explicação para o símbolo do Plano Real ainda estar em circulação é que muita gente guarda as cédulas por acreditar que dá sorte ou simplesmente esquecem as notas. E há ainda aqueles que colecionam cédulas de R$ 1 consideradas raras, que podem valer mais que seu valor de face.

As cédulas de R$ 1 deixaram ser produzidas devido ao custo elevado e ao rápido desgaste. Por isso, o BC optou por lançar moedas em substituição às notas. Mas as cédulas ainda podem ser usadas no comércio e são substituídas progressivamente por moedas pelo BC.

O diretor de Divulgação da Sociedade Numismática Brasileira, Bernardo Marin Neto, diz que as notas que não circularam pelo país e tem menor tiragem podem custar bem mais do que o valor de face. No catálogo de colecionadores, uma nota de R$ 1, de 1996, assinada pelos então ministro da Fazenda, Pedro Malan, e pelo presidente do Banco Central (BC), Gustavo Loyola, custa R$ 195.

“O critério para definir esse valor é a raridade da nota. Esses valores são do catálogo, mas elas podem ser vendidas por mais”, disse Marin Neto. Outras cédulas de R$ 1 consideradas menos raras podem valer R$ 6, desde que estejam em perfeito estado de conservação.

Marin Neto explica que, quanto menor a quantidade de cédulas emitidas com nomes de ministros, mais as notas podem valer. Acrescentou que as últimas notas de real emitidas com os nomes do ministro da Fazenda Guido Mantega e do presidente do BC Alexandre Tombini poderão ter um valor a mais para os colecionadores, quando eles deixarem o governo. “Se Dilma [Rousseff] não se reeleger, as últimas notas do Mantega e Tombini serão valiosas. Se Dilma permanecer, mas trocar os ministros, também vão valer mais”, disse.

O tesoureiro da Associação Filatélica e Numismática de Brasília, Cleber Coimbra, conta que tem interesse pelas notas de R$ 1 desde o lançamento, em 1994. Coimbra disse que já teve centenas de notas de R$ 1 em casa, mas foi roubado. Atualmente, ele ainda tem algumas guardadas, além de cédulas de outros valores. “Coleciono notas há 60 anos. E já fui o maior exportador de dinheiro brasileiro fora de circulação”, disse.

Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2014/09/cedulas-raras-de-r-1-podem-valer-ate-r-195.html

Suspeito vai ao presídio por atear fogo na casa de jovem que ofendeu Aranha

Homem confessou ter provocado o incêndio na residência da torcedora do Grêmio.

Por Luiza Carneiro Porto Alegre

Suspeito de ter colocado fogo na casa de Patrícia Moreira chega à delegacia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Suspeito foi preso na noite desta sexta-feira
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Embora já tenha identificado a autoria do incêndio na casa de Patrícia Moreira, torcedora gremista que foi flagrada proferindo injúrias raciais ao goleiro Aranha, do Santos, na Arena, a Polícia Civil ainda colherá novas provas e depoimentos ao longo desta semana. De acordo com o delegado Tiago Baldin, o suspeito que confessou o ato foi encaminhado ao Presídio Central, em Porto Alegre, na madrugada deste sábado e responderá por crime de incêndio.

- Após o reconhecimento pessoal dele, nós ingressamos no Foro Central para entregar nossa representação de prisão preventiva. Logo que foi deferido pelo juiz plantonista, ele deixou de ser detido, virou preso, e pelas duas da manhã encaminhado ao presídio, salientou o delegado, que é titular da 14ª Delegacia de Polícia da capital.

Além do crime de incêndio, que tem pena de três a seis anos, o delegado aponta que o suspeito poderá responder por atentado, lesão corporal ou homicídio.

- Estamos na fase final da investigação, mas caso se saiba que ele não sabia se a casa estava desocupada ou não, poderemos evoluir para isso, completou Baldin. O delegado aguarda a conclusão dos laudos do Instituto Geral de Perícias (IGP).

Casa de Patrícia Moreira é incendiada (Foto: Arquivo pessoal)Casa de Patrícia Moreira é incendiada em Porto Alegre (Foto: Arquivo pessoal)

Em depoimento ainda na sexta-feira, o suspeito confessou ter ingerido bebidas alcoolicas antes de colocar fogo no local.

- Na presença de seu advogado ele confessou o crime. Disse que havia ingerido bebidas alcoólicas, e que se sentia com nojo do que ela havia feito. Usou um isqueiro, disse o delegado.

Segundo o Baldin, o suspeito foi identificado por uma testemunha e foi detido na Zona Norte de Porto Alegre. A polícia afirma que ele mora próximo da residência de Patrícia. O homem tem 28 anos, trabalha como eletricista e apresentava queimaduras na mão direita no momento em que foi detido. Ele já havia sido condenado por porte ilegal de arma de uso restrito e tráfico de drogas e também tem no histórico uma fuga do regime semiaberto. Em prisão domiciliar desde o dia 22 de maio deste ano, recebeu liberdade condicional na quinta-feira (11). Alegou, no entanto, que não sabia do fato.

Vizinhos de Patrícia Moreira observam casa que foi incendiada (Foto: Paula Menezes/GloboEsporte.com)Vizinhos de Patrícia Moreira observam casa que foi incendiada (Foto: Paula Menezes/GloboEsporte.com)

O suspeito negou, ainda, parte da versão de uma testemunha, que disse ter visto um guarda-chuva em chamas no relógio de luz da residência no momento do incêndio.

- Ele só nega o que a testemunha disse ter visto, dele usando guarda-chuva para mexer na caixa de energia. Ele ainda disse que trabalhou hoje e que, depois, iria procurar atendimento médico. A mão dele esta bastante machucada, acrescentou o delegado.

O incêndio na residência localizada no bairro Passo das Pedras começou por volta das 4h, de acordo com o advogado Alexandre Rossato e familiares da jovem. O Corpo de Bombeiros diz que foi chamado, mas quando chegou ao local, as chamas já haviam sido apagadas pelos proprietários.

Diante da repercussão do caso, Patrícia evitou dormir em casa nos últimos dias. Ela se refugiou em residências de parentes e amigos para evitar retaliação. Na última semana, a torcedora prestou depoimento à polícia e fez um pronunciamento à imprensa. Negou ser racista e pediu perdão ao goleiro Aranha.

- Eu quero pedir desculpas para o goleiro Aranha, desculpa mesmo, perdão de coração. Não sou racista. Aquela palavra macaco não foi racismo da minha parte. Não teve intenção racista. Foi no calor do jogo, o Grêmio tava perdendo. Peço desculpas pro Grêmio, para a nação tricolor, não queria nunca prejudicar o Grêmio. Desculpas para o Aranha. Perdão, perdão, perdão mesmo – declarou.

As injúrias raciais proferidas por torcedores gremistas contra o goleiro tiveram outro desdobramento. Em julgamento na quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu, por unanimidade, excluir o Grêmio da Copa do Brasil. No primeiro duelo das oitavas de final, os paulistas bateram os gaúchos por 2 a 0. O jogo de volta já havia sido suspenso até o julgamento do caso no STJD.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/rs/noticia/2014/09/suspeito-sera-indiciado-por-incendio-na-casa-de-jovem-que-ofendeu-aranha.html

Casa de gremista é incendiada em Porto Alegre

A torcedora não estava na residência quando a casa foi atingida na madrugada deste sexta-feira

Após ser flagrada pelas câmeras de uma emissora televisiva xingando o goleiro santista Aranha de “macaco”, na Arena do Grêmio, em 28 de agosto, Patrícia Moreira da Silva já teve a casa apedrejada, chegou a ser ameaçada de morte e estupro pelo whatsapp e, na madrugada desta sexta-feira (11/9), teve a casa incendiada, em Porto Alegre.

A jovem torcedora deixou a residência onde morava desde o ocorrido no jogo do Grêmio, e vive com familiares. Segundo informações da Zero Hora, o Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 4h e controlou as chamas, que atingiram principalmente o assoalho.

O advogado da gremista, Alexandre Rossato, disse não ter ideia de quem foram os autores do incêndio. Diante do episódio, um dos irmãos de Patrícia adiantou que pretende registrar queixa na Polícia Civil.

‘Ela chora por não poder mais sorrir’, diz pai de jovem agredida em escola

Vítima deve fazer exames no IML de Sorocaba (SP) nesta sexta-feira (12).
Agressora disse que bateu após amiga ser chamada de ‘macaca’.

Adriane Souza Do G1 Sorocaba e Jundia

Julia Apocalipse foi agredida na saída da escola em Sorocaba (Foto: Reprodução Facebook)
Julia foi agredida na saída da escola em Sorocaba
(Foto: Reprodução Facebook)

A estudante Júlia Apocalipse, de 13 anos, que perdeu dois dentes e teve vários hematomas após ser agredida por uma adolescente de 16 anos na saída de uma escola em Sorocaba (SP), na terça-feira (9), ainda sente dores para comer e chora constantemente, segundo o aposentado Jairo Apocalipse, pai da jovem. “Ela passou a noite muito mal e agora sofre para comer. Está muito triste, isso dói em mim. Ela chora o tempo todo porque não pode mais sorrir”, conta o pai, sobre a primeira noite da filha em casa após a surra.

Júlia teve alta na quinta (11), após dois dias internada em um hospital particular da cidade. Ela teve vários hematomas no rosto, perdeu dois dentes e teve outros afundados.

A agressão foi no começo da tarde de terça-feira (9). Segundo informações do boletim de ocorrência, Júlia saiu da escola Hélio Del Cístia, no Jardim São Guilherme, quando começou a ser agredida por uma jovem de 16 anos, que a estava esperando na calçada. A vítima correu para o pátio, mas foi seguida e continuou apanhando. Em nota, a Secretaria da Educação do Estado negou que a agressão tenha ocorrido dentro da escola e informou que a agressora não está matriculada naquela instituição de ensino.

Segundo o pai, a vítima apanhou “por ser bonita”. “Me contaram que ela [a agressora] batia na minha filha e gritava: ‘Quero ver quem vai te querer agora, quero ver você ser bonita agora’”, disse o aposentado em entrevista na quarta-feira (10).

Versão da agressora
Na quinta-feira a agressora esteve na Delegacia de Infância e Juventude (Diju) com o tio, que é seu tutor legal, e disse que bateu na adolescente para defender uma amiga. “Ela chamou minha amiga de ‘macaca'”, afirmou. Após a suposta ofensa, segundo ela, as duas passaram a trocar mensagens com ameaças, até que Júlia a bloqueou. Ela decidiu, então, ir até a porta da escola para “tirar satisfações”. “Na escola continuamos a briga, ela caiu e mordeu meu pé. Depois, rolou pela escada e desmaiou”, disse.

A jovem também disse que não sabe o motivo pelo qual a vítima ficou tão machucada. “Não sei o que ela fez na boca para ficar daquele jeito. Dei alguns murros, mas não foram fortes.”

Exames no IML
Júlia fará exames no Instituto Médico Legal nesta sexta e deve ser ouvida pelo delegado Newton Ribeiro Guimarães, que cuida do caso. Newton também irá colher o depoimento do pai dela, além de funcionários da escola e outras testemunhas.

Agressora diz que vítima a mordeu no pé (Foto: Adriane Souza/G1)
Agressora diz que vítima a mordeu no pé
(Foto: Adriane Souza/G1)

A polícia também aguarda pelo laudo do IML, que irá apontar a gravidade das lesões de Júlia. O caso segue, por enquanto, como ato infracional de lesão corporal. “É um absurdo, pois minha filha estava desarmada e apanhou até ficar desacordada, perdeu dentes. Não é lesão corporal, e sim tentativa de homicídio”, avalia Jairo. Ele voltou à escola no dia seguinte para buscar os dois dentes da filha, que foram achados por uma funcionária. “Se ela [Júlia] não estivesse pertinho da escola, certeza que teria morrido apanhando. O que salvou é que ela voltou correndo para a escola e os funcionários separaram a briga lá dentro”, diz.

Segundo a mãe da menina, Débora Apocalipse, a vítima apresenta dificuldades em alguns movimentos devido aos traumas no rosto. “O dentista informou que um dos dentes foi arrancado pela raiz e, pelas condições dele, não pode ser reutilizado”, lamenta.

Meninda de 13 anos foi agredida em escola de Sorocaba (Foto: Reprodução Facebook/Arquivo pessoal)Meninda de 13 anos foi agredida em escola de Sorocaba (Foto: Reprodução Facebook/Arquivo pessoal)
Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2014/09/ela-chora-por-nao-poder-mais-sorrir-diz-pai-de-jovem-agredida-em-escola.html

Mulher surpreende ao sair nua para fazer compras na Áustria

Vídeo mostra peladona saindo tranquilamente de mercado.
Imagens mostram mulher caminhando até um carro estacionado.

Uma mulher foi flagrada nua fazendo compras na Áustria. Um vídeo publicado no YouTube mostra a peladona saindo tranquilamente de um mercado enquanto caminhava com um casal até um carro estacionado nas proximidades.

Vídeo mostra peladona caminhando tranquilamente em calçada (Foto: Reprodução/YouTube/harald kerschbaumer).

Fonte:http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2014/08/mulher-surpreende-ao-sair-nua-para-fazer-compras-na-austria.html

Entenda quando a falta de sexo é um problema na relação

Entenda quando a falta de sexo é um problema na relação | Minha Vida

A redução da libido do parceiro pode estar ligada a diversos fatores, como insegurança ou estresse

Entenda quando a falta de sexo é um problema na relação | Minha Vida

O ser humano tem em sua essência uma busca contínua por prazeres na vida. Estes prazeres envolvem as mais diversas experiências, intensidades e frequências. Fazemos isso ao comer, beber, ler, dançar, namorar e em tantas outras atividades, assim como o sexo. A sexualidade possui uma grande responsabilidade dentro da ideia de ser a fonte de prazer de um individuo, mas é válido recordar que o sexo é somente um dos pontos de busca de prazer que uma pessoa possui e saber separar os prazeres da vida é um ponto fundamental para ter uma vida sexual saudável. E apesar de tantas técnicas existentes, tabus e dicas envolvendo este assunto (sendo muitas delas bem válidas e necessárias), a relação que cada um terá com a atividade sexual em sua vida vai depender de cada pessoa e sua historia.

Fazer sexo é um ato instintivo e natural dos seres humanos e nem sempre estará necessariamente ligado a um relacionamento amoroso. Por isso é importante sempre que este assunto entrar em questão, considerarmos o enfoque abordado. Além dos movimentos e estímulos instintivos que possuímos, o sexo também recebe complemento cultural, social e pessoal e por isso pode ser visto e vivido das mais diferentes formas.

Assim, falar de sexo nem sempre irá envolver uma relação afetiva amorosa e este ponto normalmente é mais bem aceito ou entendido quando abordado pela via masculina. A diferença hormonal e estrutural do organismo masculino deixa bem claro que o desejo sexual, assim como o ato, não precisa estar relacionado ao amor, por isso é comum ouvirmos um homem diferenciando o sexo por sexo do sexo por amor. Com a mulher, apesar das grandes mudanças nos conceitos sobre igualdades, este ponto ainda é rodeado e fortemente influenciado por tabus românticos e afetivos e no nosso caso, além da diferença de organismo, as mulheres recebem estímulos culturais desde muito cedo redirecionando sua busca de prazer para outras vias, dentre elas um amor fortemente romântico.

Entendendo que a base de nossas primeiras relações surge das experiências que tivemos na infância (desde a fase mais primitiva, enquanto bebês, a todas experiências vivenciadas com mãe, pai, irmão, parentes, amigos, escola…), podemos perceber que as condições do ambiente que nascemos e crescemos, são muitas vezes a base explicativa para maior entendimento de nossa estrutura psíquica e portanto sobre nossos desejos expostos ou reprimidos. E é neste ponto que podemos explicar e muito sobre a sexualidade de cada pessoa: desde sempre o sexo de cada um é algo íntimo e muito pessoal e cada um irá escolher (consciente ou inconscientemente) se irá expor ou reprimir, se irá oferecer a varias pessoas ou a uma só, se será pacato ou ousado…

Normalmente quando falamos de sexo, falamos de desejo e o desejo é uma expressão vital muito importante na vida de qualquer ser humano, sendo base para uma vida construtiva e de bem-estar. Se repararmos bem, um dos motivos que nos leva a nos envolvermos com alguém, sair, namorar, casar é o desejo que temos por aquela pessoa e pelos diversos atributos que ela nos oferece (bom papo, animação, companheirismo, carinho, oportunidades…), assim como também a troca que recebemos em ser desejados.

Então, podemos pensar que uma vida sexual ativa e prazerosa é fundamental para a saúde e construção contínua de uma relação amorosa, pois faz parte da gama de desejos (desejar e ser desejado) que um ser humano precisa para viver bem.

Quando o sexo não está envolvido

Existem sim relações sem desejo sexual, onde suprimos outras necessidades, mas estas são relações de bons companheiros, amigos, onde a intimidade sexual possui limites. Quando falamos de amigos parece tudo certo, mas quando falamos de um casal devemos refletir se esta relação não está necessitando de algum cuidado, pois a falta de desejo, logo a falta de sexo, pode ser indicador de que a relação se tornou rotineira e burocrática, se tornou uma amizade (podendo isso se bom ou não) ou mesmo pode estar apoiada em fantasias platônicas que pode gerar imensa angustia ou frustração quando a realidade se impuser.

Existem muitas razões ou motivos para explicar a ausência de desejo sexual numa relação ou em uma pessoa e estas razões podem ser conscientes ou não, por isso se prender a técnicas ou tabus muitas vezes não ajuda, ao contrario só angustia mais ainda a pessoa ou o casal, por não conseguirem mudar. Um dos motivos é o fato de que às vezes as pessoas redirecionam sua libido para outras áreas de suas vidas, como trabalho, lazer, esporte, estudos e se realizam imensamente com o que fazem e por isso não sentem necessidade de buscar prazer diretamente no sexo. O inverso também é uma das causas bem atuais, o excesso de atividades e cargas horarias intensas geram estresse e esgotam o corpo que prefere dormir ou buscar outras fontes de prazer sem muito esforço, como assistir TV, para se recuperar.

O não desejo pelo parceiro é também um dos motivos que interfere na vida sexual do casal e normalmente está ligado na perda ou falta de intimidade entre estas pessoas. Não expor ou falar sobre seus receios, medos, dúvidas e vergonhas interfere muito no desempenho e esta repressão pode ser gerada tanto porque um dos lados não sabe acolher adequadamente, pois lhe falta tato e carinho, ou mesmo por tabus da própria pessoa que não possui intimidade consigo mesmo.

Também é muito importante relembrar que o desinteresse sexual de um dos parceiros costuma refletir a insegurança no outro parceiro também. Este parceiro tende a sentir-se rejeitado, com a autoestima frágil e a sensação de frustração é grande, podendo até desencadear sintomas depressivos ou mesmo colocar a relação em risco, indo buscar novas fontes de prazer tanto em outras atividades como em outros parceiros, no intuito de entender se ainda desperta desejos, se ainda possui valor, isto é, buscar a própria autoestima.

Uma forma de se ajudar e assim ajudar o casal, é a busca com sua própria intimidade com o próprio corpo, necessidades e desejos. Isso facilita a possibilidade de conhecer e entender o seu prazer, nas mais diferentes formas e intensidades. A falta deste conhecimento sobre si mesmo é limitadora, inclusive para percepção e entendimento do corpo do outro e o sexo é esta troca de intimidades.

Homens e mulheres possuem necessidades e percepções sexuais diferenciadas, logo a falta de desejo também deve ser considerada com esta mesma particularidade entre os gêneros.

A falta de libido masculina normalmente é sublimada, camuflada por ele mesmo, pois os homens carregam uma alta pressão de virilidade, força e poder que deve ser demonstrada e comprovada na sexualidade. Para um homem lidar com fala de libido é tão angustiante que às vezes nem mesmo ele enxerga, pois não aceita tal possibilidade e justificam com outras questões, reprimindo, como defesa emocional, suas confusões e limitações nesta área. Acabam na maioria das vezes se fechando em suas angustias, camuflando em ideias populares e generalizadas e assim lidando com a situação de forma solitária devido à intensidade do constrangimento. Muitas vezes só tendem a buscar ajuda quando estão com dificuldade na ereção. É mais comum os homens sustentarem suas fantasias e desejos em cima do ato sexual (quantidade e formas de transas) e por isso possuem dificuldade para entender seus sentimentos mais íntimos e assim para entender também da pessoa que está com ele.

Já com as mulheres, a falta ou diminuição de libido é cada vez mais assumida e talvez por isso a sensação de ser mais frequente, mas costumam ter impacto bem menor do que quando ocorre com os homens, visto que mesmo com a falta de desejo tendem a continuar a atividade sexual, apesar de menor frequência e desprazer. A mulher carrega uma cultura de servir e ter que atender ao outro, que pode acabar pesando e desestimulando na hora do sexo, podendo levar ao desinteresse.

Nossa cultura prega muitas historias de amores platônicos e abençoados, em que o sexo parece não ser necessário ou fazer falta e é preciso tomar muito cuidado com estas fantasias, pois o organismo humano possui altos índices de desejos sexuais e quando não compreendidos ou reconhecidos, podem gerar reações inversas e muito frustrantes.

Assim, saber qual a origem da dificuldade na vida sexual ajuda (e muito!) o individuo e o casal a lidar de uma forma mais adequada e confortável até encontrarem uma solução. Quanto antes descobrirem o que e quando ocorre, maior a chance de uma vida sexual saudável e prazerosa e um fato muito importante é a união entre o casal, quanto mais parceiros, maior o cuidado e a intimidade e assim aumentam a chance de entendimento, superação e realização sexual.

Entender que o sexo é algo natural é preciso e fundamental para uma boa vida saudável pessoal e do casal. Assumir e perceber que não estão bem neste assunto e buscar ajuda, buscar entender onde estão se desencontrando e adquirir novos conhecimentos, é sinônimo de amor próprio e amor presente no casal. É investir no futuro da relação!

Tiririca, TSE e a verdadeira ironia das eleições

Por Fernando Chiocca

Tiririca TSE e a verdadeira ironia das eleiesQuem acha que a maior ironia destas eleições é a candidatura do humorista Tiririca a deputado federal deve reconsiderar. Existe outra campanha que supera em muito a engraçadíssima campanha do palhaço e que coloca todos os indivíduos na posição de palhaços: a campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com o slogan “Você pode escolher o seu destino”, a campanha faz uso de diversas analogias que buscam conscientizar o eleitor da importância do voto — o que é um contrassenso, pois o voto é obrigatório, e não há sentido em argumentar se já existe o uso da violência. O regime sobrevive através da propaganda que tenta dar uma legitimidade ao ilegítimo. Porém, o irônico é que esta campanha das eleições 2010, se analisada atentamente, acaba por denunciar toda a farsa do sistema.

Uma peça publicitária faz uma analogia entre a contratação de um funcionário e a escolha de um candidato. O regime tenta fazer parecer que a decisão está nas mãos de cada eleitor, como se eles fossem o dono da empresa e o político o candidato que deve preencher seus requerimentos e obedecê-lo após eleito. E nada poderia estar mais longe da realidade. Além do fato de que cada empresário escolhe individualmente seus funcionários e pode demiti-los quando quiser, outro ponto crucial deste artifício da propaganda estatal foi retumbantemente desmascarado já em 1870 por Lysander Spooner:

Eles [os oficiais eleitos do governo] não são nossos empregados, nossos agentes, nossos procuradores e nem nossos representantes… [pois] nós não assumimos responsabilidade pelos seus atos. Se um homem é meu empregado, agente ou procurador, eu necessariamente assumo a responsabilidade por seus atos realizados dentro dos limites da autoridade que eu conferi a ele. Se eu depositei nele, como meu agente, a autoridade absoluta, ou qualquer autoridade que seja, sobre a pessoa ou propriedade de outros homens que não eu mesmo, eu necessariamente me torno responsável por quaisquer danos que ele possa causar a eles, desde que ele aja dentro dos limites da autoridade que eu concedi a ele. Porém, nenhum indivíduo que tenha sofrido danos sobre sua pessoa ou propriedade, através dos atos do Congresso, pode ir aos eleitores individuais e afirmar que eles sejam responsáveis pelos atos de seus supostos representantes. Este fato demonstra que estes pretensos representantes do povo, de todo mundo, são na realidade os representantes de ninguém.

Um spot de rádio que faz um apelo para que aqueles que não são obrigados a votar votem, diz o seguinte:

[Pessoa 1] – E aí, o que você vai querer comer?

[Pessoa 2] – Qualquer coisa, escolhe aí você.

[Pessoa 1] – Ok!

[som de campainha] Blim-Blom

[Entregador] – Entrega! Pizza de dobradinha com jiló e borda de chocolate. Aqui ó, sua notinha.

[Pessoa 2] – Arghh.

E se pedir uma pizza fosse realmente como escolher os candidatos? As pessoas vão às urnas escolher seu sabor preferido. A pizza vencedora é entregue todo domingo durante quatro anos nas casas de todos, mesmo daqueles que não gostam de pizza ou que estão de dieta. No fim de cada ano, um funça da Receita Federal bate em todas as portas recolhendo o IP, imposto da pizza. Os dois maiores partidos são o PM, partido da mozarela — altamente apoiado pela indústria laticínia —, e o PC, partido da calabresa — que recebe verbas dos produtores de carne. Dentro dos partidos existem subdivisões. O PC conta com as alas da calabresa com cebola e sem cebola. A principal bandeira dos cebolistas é a satisfação de todos; quem não gosta de cebola pode deixá-las de lado no prato, ao passo que, se a pizza fosse entregue sem cebola, os que a desejassem não teriam opção. Já o apelo dos sem-cebola é priorizar nossas crianças, que odeiam cebola. Esta retórica mantém os sem-cebola como facção dominante do PC. O PQQ, partido da quatro queijos, e o PP, partido da portuguesa, nunca conseguiram chegar à marca de 10% dos votos. No final, as pessoas que preferem um destes acabam votando ou no PC ou no PM, apenas para tentar impedir a vitória do sabor que elas gostam menos. Já o PA, partido da aliche, jamais conseguiu chegar a 1% dos votos. Hoje, após quatro anos de PM, o PC é o favorito nas pesquisas.

Alguém em sã consciência — com exceção dos beneficiários diretos, como os produtores do ingrediente vencedor ou os membros dos partidos — apoiaria tal arranjo de fornecimento de pizza, onde cada indivíduo teria 0,0000000001% de influência sobre o gasto de seu dinheiro? No entanto este arranjo é apoiado por uma maioria quando se trata do fornecimento de bens e serviços considerados muito mais importantes que a pizza!

Porém, para desespero dos ideólogos do estado, milhões de indivíduos têm ciência da palhaçada em que consiste este sistema, e demonstram isto por meio dos chamados ‘votos de protesto’. No Rio de Janeiro, os humoristas do Casseta e Planeta lançaram a candidatura não oficial do macaco Tião; em 1988, o animal recebeu 400 mil votos e ficou em terceiro lugar na eleição para prefeito. Ainda mais expressiva foi a votação que o rinoceronte Cacareco recebeu para vereador de São Paulo em 1958, 100 mil votos, sendo que o partido mais votado na época não chegou aos 95 mil votos. Após o surgimento da urna eletrônica, este voto de protesto adquiriu nova forma, pois se tornou impossível escrever qualquer nome nas cédulas de papel. Em 2002, uma figura caricata que aparecia no horário eleitoral gritando e se portando como um louco foi o deputado federal mais votado da história do país; Enéas recebeu mais de um milhão e seiscentos mil votos. Este ano, quem desponta como provável recebedor dos votos cacarecos é o humorista Tiririca, com a candidatura mais escrachada já vista. Ao contrário de Enéas, que era uma piada que se levava a sério, Tiririca se assume uma piada. E é uma piada de uma piada maior ainda, as eleições.

Esta forma de protesto realmente vale a pena? Ao denunciar a fraude que é o estado, Hoppe atentou para o fato de que

Uma das coisas que mais ameaça o estado é o humor e a risada. O estado presume que você deve respeitá-lo, que você deve levá-lo muito a sério. Hobbes dizia que era algo muito perigoso o fato de as pessoas rirem do governo. Portanto, tente sempre seguir a seguinte regra: ria e zombe do governo o máximo possível.

Os estatistas estão cientes da ameaça que o humor representa. O ministro da cultura criticou o deboche que Tiririca faz da democracia; o candidato ao governo do partido aliado Aloizio Mercadante exigiu que ele mudasse o tom da campanha. Candidatos adversários usam seu tempo no horário eleitoral para lembrar os eleitores que voto é coisa séria[1]; coisa que a propaganda oficial do regime sempre tenta frisar com suas analogias sem sentido. O ataque ao deboche vem até de articulistas liberais. Alguns dizem que este tipo de “protesto contra o governo” é um tiro que sai pela culatra, pois o partido de Tiririca é da base aliada do PT. Mas eles pecam ao considerar que isto seja um protesto contra o governo. Não é. É algo muito mais relevante; é um protesto contra o estado. Protestar contra o governo atual é o papel da turma da oposição, que, com seus ataques pueris contra determinado partido, acabam na prática apenas legitimando o sistema — segundo eles o problema não é o voto, mas sim em quem se vota. Ao invés de direcionar seus esforços para acabar com o sistema de eleições de pizzas, eles lutam por uma azeitona a menos na pizza de mozarela — ou uma azeitona a mais, já que Serra se diz à esquerda de Lula, prometeu duplicar o bolsa família e, onde governou, implementou depravações à propriedade privada, como a nazista lei antifumo. Meu sabor predileto é calabresa com cebola, mas não vou fazer campanha pelo PC porque não quero impor à força minha preferência aos outros. Na falta de alguém que defenda mudanças não apenas no conteúdo, mas também na forma, resta-nos apenas ridicularizar o sistema.[2]

Como concluiu David Heleniak em seu artigo Zombe do Voto,

Quando podemos escolher somente entre candidatos a serviço da elite governante, votar se torna uma piada. Voltaire, o indiscutível líder do Iluminismo, tinha como principais armas o humor e a sagacidade e, ‘diante do absurdo, ele ria’… Ao fazer pouco caso do poder divino dos reis, os iluministas o destruíram. Este ano, zombe do voto ou nem saia de casa.


Notas

[1] Um candidato nos fornece outra analogia fabulosa, dizendo para não votar em palhaços, pois, “se algum dia você sofrer um acidente, não vai querer que quem vá te socorrer seja um palhaço”. Seria então para votarmos em médicos para deputado federal? Seria ele próprio um médico? E quando sofrermos um assalto, queremos que seja um médico que vá perseguir o ladrão? Enfim, ao tentar defender a seriedade de um sistema criminoso, o candidato acaba nos ajudando ainda mais a perceber qual é a verdadeira piada.

[2] É importante ressaltar que, aquele que escolhe protestar votando em Tiririca ou em outro candidato do tipo, não está votando nas propostas destes candidatos, e muito menos é responsável pelas atitudes que eles venham a tomar durante seus mandatos — que, acredito, serão tão ruins quanto a de todos os outros candidatos, já que nenhum candidato se propõem a diminuir o estado. Votar nestes candidatos não significa sancionar seus atos. Ao contrário, este tipo de voto manda a mensagem de que nenhum político possui legitimidade alguma para exercer o poder que exerce sobre nós. Ter alguém como o humorista Tiririca — de preferência como o mais votado — no Congresso representa uma desmoralização de todos os atos desta casa, que é imoral per se.


[N. E.: o texto foi publicado originalmente em 9.9.10. As referências a candidatos, campanhas e peças publicitárias, portanto, dizem respeito ao pleito eleitoral de 2010, embora grande parte delas se mantenha atualíssima em 2014. Em nossa opinião, isso demonstra que certos fenômenos, longe de representarem meras "deturpações" do sistema democrático, na realidade fazem parte de sua própria natureza]


Publicado originalmente no Instituto Ludwig von Mises Brasil

Fonte:http://direitoeliberdade.jusbrasil.com.br/artigos/138744881/tiririca-tse-e-a-verdadeira-ironia-das-eleicoes?utm_campaign=newsletter-daily_20140911_81&utm_medium=email&utm_source=newsletter

A Vacina contra o Papilomavírus (HPV) “Será o Maior Escândalo Médico de Todos os Tempos”

A Vacina contra o Papilomavírus HPV Será o Maior Escândalo Médico de Todos os Tempos

 

 

Bernard Dalbergue é um médico francês que trabalhou durante 20 anos na indústria farmacêutica. Foi demitido depois da fusão de seu laboratório com a gigante farmacêutica Merck. O supervisor e encarregado das relações com os hospitais, descobriu a corrupção do sistema sanitário, os pacientes são sacrificados no altar da rentabilidade.
Dalbergue publicou o livro “Omerta dans les labos pharmaceutiques: confessions d’un médecin” – “Omertá nos laboratórios farmacêuticos: confissões de um médico“. Em uma entrevista que você pode ler em espanhol aqui, ele conta coisas muito interessantes. Por exemplo, o número entre 18.000 e 30.000 das mortes relacionadas com o uso de medicamentos (somente na França) e de umas 20.000 mortes reconhecidas pela Comissão Europeia.

Este médico, que conhece bem o interior do laboratório da Merck, fala abertamente sobre a vacina contra o papilomavírus (HPV) que este laboratório fabrica com o nome de Gardasil, que é exatamente a vacina utilizada no Brasil.

“Consideremos o caso da Gardasil para medir a magnitude deste escândalo: todo o mundo sabia no momento de obter a autorização nos EUA para a comercialização desta vacina que não acrescentaria rigorosamente em nada. Diane Harper, líder de opinião nos Estados Unidos, soou o alarme no início, observando que aquilo era um engano e uma fraude.

Ou consideremos outro caso, o do Vioxx, um anti-inflamatório responsável por milhões de mortes por acidente vascular cerebral e parada cardíaca, um caso de corrupção que varreu ao menos 30.000 vidas. Mas a Merck lançou uma falsa novidade do medicamento Vioxx, o Arcoxia. Rejeitado no outro lado do Atlântico, foi admitido para sua comercialização na Europa. Assim, os médicos prescrevem Arcoxia, que se trata do mesmo medicamento chamado Vioxx..”

Atenção:

Arcoxia é encontrado nas farmácias, se prescrito, entra no sistema pago pela Segurança Social, e é extremamente perigoso. Gardasil é uma vacina inútil e estão pagando uma verdadeira fortuna. E em todos os níveis de decisão isso é conhecido.

Principes de Santé: Para não mencionar os custos humanos dos efeitos adversos…

Bernard Dalbergue: Você pode encontrar casos de síndrome de Guillain-Barré, paralisia dos membros inferiores, placas de esclerose induzida e encefalopatia induzida. Mas quando se trata de proteger milhões de pessoas contra a varíola ou poliomelite, não se obtêm um omelete sem antes quebrar os ovos. Isto é… minha previsão é que a Gardasil será o maior escândalo médico de todos os tempos. Ao invés de provar a capacidade técnica e científica desta vacina, o certo é que não se tem nenhum efeito sobre o câncer de colo de útero e sim muitos efeitos secundários, incluindo a morte e que está lá para benefício exclusivo dos laboratórios.

PS: Você que já esteve lá, por que não é retirado a Gardasil e outros medicamentos?

BD: Os interesses financeiros são muito mais importantes que a retirada de um medicamento”…

BD: Ele teria que refazer o sistema de farmacovigilância. Quando foi descoberto a caneta injetora contra a hepatite C, fui até os responsáveis da companhia para informar-lhes do problema com o nosso produto, que poderia matar por ineficácia e indiquei que era necessário levar ao conhecimento das autoridades sanitárias sobre os efeitos adversos dos produtos, a famosa farmacovigilância. Isto levou à minha demissão imediata. Nunca havia visto algo parecido em minha vida: a Indústria ignorava os dados da farmacovigilância, pondo em perigo a saúde e violando todas as normas éticas.”

Leia mais: http://www.noticiasnaturais.com/2014/09/a-vacina-contra-o-papilomavirus-hpv-sera-o-maior-escandalo-medico-de-todos-os-tempos/#ixzz39lM1NDy7

Jovem gay é expulso de casa pelos pais e publica vídeo de briga na internet

“Queria evitar que isso ocorresse com outras pessoas”, disse Daniel Pierce a BBC

Jovem gay é expulso de casa pelos pais e publica vídeo de briga na internet Arquivo Pessoal/Facebook

Depois de sair de casa, o rapaz foi morar com uma tiaFoto: Arquivo Pessoal / Facebook

O jovem americano Daniel Pierce, de 20 anos, contou aos pais, em outubro do ano passado, que era gay. Na época, os pais de Pierce nada fizeram e parecia que apoiariam o filho. No entanto, alguns meses depois, o rapaz foi expulso de casa, na cidade de Kennesaw, Estado da Geórgia.

Na última sexta-feira, 29, Daniel chegou em casa e os pais o esperavam na porta. Ele, rapidamente, começou a gravar a conversa sem que ninguém percebesse.

— Gravei porque sabia que algo iria acontecer e queria me proteger se alguém tentasse me agredir — disse ele à emissora BBC.

os não identifica ninguém, só o que eles dizem:

“Você pode negar o quanto quiser, mas acredito na palavra de Deus”, diz uma voz feminina, em resposta ao argumento de Pierce que pesquisas científicas indicavam que a homossexualidade não é uma opção individual.

“Deus não cria ninguém assim. É um caminho que você escolheu.”

Aos poucos, o tom da conversa muda e fica mais tenso. Uma mulher parece agredi-lo.

“Solte-me. O que há de errado com vocês?”, diz Pierce, enquanto a câmera treme.

“Não, o que há de errado com você?”, respondem. Alguém também diz que ele é uma desonra para a família.

Depois que saiu de casa, Pierce foi para a casa de uma tia.

— Se eles tivessem dito apenas para eu pegar minhas coisas e cair fora, eu teria dito ‘tudo bem’. Não sou do tipo de pessoas que gosta de entrar em brigas — disse o rapaz.

Na mesma noite, Pierce publicou o vídeo no YouTube e, em dois dias, já havia sido visto 2 milhões de vezes e o nome de Pierce foi parar entre os assuntos mais comentados no Twitter, com diversas mensagens de apoio. Hoje, já passam dos cinco milhões de visualizações.

Cuba leiloa com EUA e Rússia porto erguido pelo Brasil

putin

Uma nova Guerra Fria, em novo contexto. É o que se depreende do episódio.

O governo do Brasil fez papel de bobo no Caribe, com o ‘aliado’ governo cubano. Bancou, via BNDES, e inclusive com R$ 240 milhões a fundo perdido, a construção do Porto de Mariel, com a esperada reabertura comercial e fim do embargo americano ao País de Fidel.

Mas quem vai faturar bonito são Estados Unidos e Rússia. Depois de os EUAfazerem oferta pela operação da área, agora foi o presidente russo, Vladimir Putin, quem avisou a Raúl Castro que pretende a área. Para isso, Putin perdoou dívida de US$ 35 bilhões dos cubanos. A revelação é do jornalista Marcelo Rech, de Brasília, editor do site InfoRel

As negociações para o perdão da dívida duraram 20 anos. Putin ainda avisou aos Castro que vai reinvestir em US$ 2,6 bilhões em Cuba – principalmente direcionados a Mariel. Putin correu para Cuba um mês depois de os americanos fazerem a oferta de operação do porto. Recomeçou, assim, uma nova ‘guerra fria’ entre EUA e Rússia.

CADÊ?

A presidente Dilma investe no discurso de que mais de 300 empresas brasileiras vão ser beneficiadas com o porto de Mariel, mas não há lista e ninguém sabe quais são.

Siga a coluna no Twitter e no Facebook  

______________________

COISAS DO BRASIL 

Mal controla a atual, e o governo vai construir a segunda ponte entre Brasil e Paraguai, com início da obra previsto para 2015 e conclusão em 2017. Mas não tem agentes da Receita e da Polícia Federal para os postos de fronteira numa das cabeceiras. O mesmo ocorre na ponte em Oiapóque (AP) para cidadezinha da Guiana Francesa.

MICO INTERNACIONAL

Em Oiapóque, o lado brasileiro ficou inconcluso por falta de agentes e alfândega. A presidente Dilma pagou um mico internacional. No início do ano, o presidente francês François Hollande, que visitaria o País vizinho, disse a uma rádio da Guiana que não poderia inaugurar a obra porque o Brasil não fez a sua parte.

ÚLTIMA CHANCE?

Um exemplo claro de que nas próximas eleições presidenciais será um Deus nos acuda com a decisão do STF de barrar financiamento de empresas para comitês: O gasto dos três principais candidatos a presidente da República vai beirar R$ 1 bilhão de reais. Imagine se o STF determinasse a proibição de financiamento para este ano.

ALIADO É.. ALIADO 

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), quando foi candidato em 2012, criticou a propaganda eleitoral nas ruas da Capital em cavaletes e santinhos. Hoje, apoiando Paulo Câmara (PSB) ao governo, mantém silêncio de aliado e não fala sobe a poluição visual.

OCCUPY JK

O povo sofreu com greve da maioria de empresas de ônibus ontem em Brasília, mas não faltou transporte para a turma dos BRICS. Desde terça, o pátio do Aeroporto JK está lotado de jatos Gulfstream e Challenger, de autonomia internacional. São dos empresários estrangeiros que vieram a reboque dos presidentes que eles bancam. Com a lotação do pátio no Terminal 2 do JK, mal sobra espaço para o embarque e desembarque dos aviões da AZUL.

PONTO FINAL

Fã de natação, que pratica, Putin está nadando de braçadas no mar do Caribe.

Fonte: http://colunaesplanada.blogosfera.uol.com.br/2014/07/17/cuba-leiloa-com-eua-e-russia-porto-erguido-pelo-brasil/

Google Science Fair: Menina de 13 anos cria projeto contra bullying

O bullying se caracteriza pela violência física ou psicológica intencional, praticada repetidamente por um indivíduo ou um grupo. Todos os anos o bullying faz milhares de vítimas, principalmente crianças e adolescentes. Em 2013, uma jovem se suicidou na Flórida após sofrer cyberbullying e este fato inspirou Trisha Prabhu, uma menina de Illinois, de 13 anos, a escrever o projeto Rethink no Google Science Fair.

Oito motivos para não criar um perfil no Facebook para uma criança; confira

Jovem americana de 13 anos, Trisha Prabhu, criou projeto que combate o bullying virtual (Foto: Arquivo pessoal/Trisha Prabhu)Jovem americana de 13 anos, Trisha Prabhu, criou projeto que combate o bullying virtual (Foto: Arquivo pessoal/Trisha Prabhu)
Um adolescente jamais deve pensar em suicídio por causa do bullying virtual
Trisha Prabhu

Em entrevista ao TechTudo, Trisha afirmou já ter sido vítima de bullying virtual. “Eu recebia mensagens ofensivas sobre como me vestia. Pode-se dizer que sou casca grossa e forte, então só ignorava e seguia em frente”, conta. Mas, para a jovem, um adolescente jamais deve pensar em suicídio por causa do bullying virtual. “Pensando nisso, decidi tentar impedir”, explica.

O cyberbullying ou bullying virtual ocorre quando alguém é atormentado, assediado ou envergonhado na Internet, principalmente nas redes sociais. De acordo com as pesquisas de Trisha para o Rethink, 50% dos jovens na faixa etária de 12 a 18 anos são vítimas deste crime. Mais de um em cada três adolescentes já sofreram ameaças online.

O bullying virtual tem sido um problema generalizado para meninos e meninas que passam um tempo significativo usando a Internet e as redes sociais. Segundo Trisha, em suas pesquisas, ela percebeu que as vítimas sofriam com baixa autoestima, depressão e tendências suicidas. Após saber da morte de sua compatriota, a jovem cientista resolveu pensar mais sobre o assunto. “Após muita pesquisa, experimentação e correlações entre o cérebro e o bullying virtual, nasceu a ideia do Rethink”, explicou.

O Rethink é um projeto que tem como objetivo reduzir a média de mensagens ofensivas que os bullys (nome dado ao agressor) publicam nas redes sociais a partir de um sistema que dá a chance do adolescente repensar antes publicar a mensagem. A solução seria a criação de um mecanismo que gere um alerta antes da publicação de uma mensagem ofensiva. Recentemente, o polêmico Secret bloqueou segredos com nomes próprios e fotos da câmera com mecanismo semelhante. Segundo a jovem, não há uma solução para o cyberbullying, por isso a importância de um projeto para evitá-lo.

"Sou fascinada pela ciência desde muito jovem, especialmente pelo funcionamento interno do cérebro", afirma Trisha Prabhu (Foto: Arquivo pessoal/Trisha Prabhu)Trisha Prabhu revela detalhes sobre os estudos que fez para o Rethink (Foto: Arquivo pessoal/Trisha Prabhu)
Leia Mais: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2014/08/google-science-fair-menina-de-13-anos-cria-projeto-contra-bullying.html

Casa de gremista identificada gritando “macaco” na Arena é apedrejada

Um vizinho acertou a janela da residência de Patrícia Amorim na noite desta sexta-feira

Reprodução/Canal ESPNPatrícia Amorim foi flagrada chamando o goleiro do Santos de macaco

Após a veiculação de imagens da gremista Patrícia Moreira da Silva, 23 anos, flagrada cometendo atos de racismo contra o goleiro santista Aranha, nesta quarta -feira, em Grêmio x Santos, na Arena do Grêmio, a jovem fechou a casa e buscou refúgio na casa de parentes. O receio estava justificado. Segundo o jornal Zero Hora, vizinhos tacaram pedras em uma das janelas da residência da jovem na noite desta sexta-feira (29/8).

A torcedora gremista mora em Passo das Pedras, um bairro popular na zona norte de Porto Alegre. O ato causou indignação na vizinhança, com quem Patrícia tem bom convívio.

Fonte: http://www.df.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/futebol-nacional/2014/08/30/noticia_futebol_nacional,57569/casa-de-gremista-identificada-gritando-macaco-na-arena-e-apedrejada.shtml

Torcedora que ofendeu Aranha é afastada do trabalho em Porto Alegre

Patrícia Moreira foi flagrada chamando goleiro Aranha de macaco.

Torcedora que cometeu ato racista na Arena é afastada do trabalho  Reprodução/

Foto: Reprodução

Flagrada chamando o goleiro Aranha de macaco durante a partida entre Grêmio e Santos na Arena, a auxiliar de saúde bucal Patrícia Moreira foi afastada de suas atividades no Centro Médico Odontológico da Brigada Militar.

A decisão foi tomada ainda na quinta-feira, após a partida disputada pela Copa do Brasil. Patrícia era funcionária de uma cooperativa que presta serviços à BM.

— Conversei com o diretor da empresa, mas não consegui contato com ela. Era uma funcionária competente, mas a postura pessoal que ela assumiu vai totalmente contra os nossos princípios de trabalho. É um fato profundamente lamentável — disse o major Régis Reche, chefe do Centro Médico Odontológico.

Segundo o major, foram realizadas tentativas de contato com Patrícia, sem sucesso. Nesta sexta-feira, a auxiliar de saúde bucal foi substituída por outro funcionário da cooperativa.

Conforme Alberto Franco, procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva do RS, o ocorrido pode ter desdobramentos ao Grêmio e também à torcedora identificada em imagens capturadas pelo canal ESPN. O vídeo mostra Patrícia gritando a palavra “macaco” ao goleiro santista, além de um grupo de gremistas, que gritava “uh, uh, uh” na direção de Aranha. Os outros torcedores ainda não foram identificados.

Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/esportes/noticia/2014/08/torcedora-que-cometeu-ato-racista-na-arena-e-afastada-do-trabalho-4586218.html

Grupo terrorista Hamas elogia gesto diplomático do governo brasileiro contra Israel

HAMAS

O Hamas, grupo radical islâmico que controla a Faixa de Gaza, fez elogios ao gesto diplomático brasileiro contrário às ofensivas israelenses.

“O passo do Brasil é muito importante. O Brasil está sempre ao lado da justiça. Pedimos que todos os países façam o mesmo”, disse o porta-voz Ihab al-Ghussein à Folha de S.Paulo nesta quinta-feira, 24 de julho.

Ontem, o Brasil convocou seu embaixador em Israel de volta a Brasília para consulta e publicou nota repudiando os ataques sionistas, sem fazer menção ao Hamas. Uma semana antes, o governo brasileiro havia publicado nota em que condenava “igualmente” os ataques dos dois lados.

O governo de Israel reagiu duramente, afirmando que o Brasil é “politicamente irrelevante” e que o país opta por “ser parte do problema, em vez de integrar a solução”.

Portal Vox, com edição Revolta Brasil

Fonte: http://www.revoltabrasil.com.br/mundo/4417-grupo-terrorista-hamas-elogia-gesto-diplomatico-do-governo-brasileiro-contra-israel.html

 

VIAGEM ASTRAL COMPROVA A ABDUÇÃO DO AVIÃO DA MALÁSIA

AVIÃO

TEXTO DE MOACIR SADER

Quando do desaparecimento do Avião da Malásia em 08 de março de 2014, eu escrevi um artigo (clique aqui) enfocando que evidências destacadas pelo radar aéreo e minha intuição mostravam ter sido um caso de abdução.

Recentemente, em julho/14, uma amiga que desde criança vivencia experiências fora do corpo (viagens astrais), quando entra em contato com seres de outra esfera dimensional ou planetária, contou-me uma ocorrência de ajuda astral que ela fez a passageiros de um avião. Isso aconteceu na noite do desaparecimento do avião da Malásia, situação que, somente após vivenciar a experiência de retirada dos passageiros, ela soube da notícia pela imprensa.

Em sua narrativa, ela ajudou no resgate e especialmente na interação com os passageiros, explicando o ocorrido e auxiliando psicológica e espiritualmente, até porque eles não poderiam mais retornar às suas vidas terrenas, embora estivessem vivos, socorridos que foram por extraterrestres e intraterrestres.

Após a devida autorização desses seres socorristas, solicitada por minha amiga, eu recebi o texto e estou reproduzindo abaixo, no qual ela narra a sua especialíssima experiência astral, que esclarece ao que de fato aconteceu naquela intrigante noite. Acontecimento que acabou por se constituir no maior mistério da aviação civil da Terra nos tempos modernos, pelo desaparecimento sem nenhuma pista, apesar das buscas intensas feitas por diversos países. Eis a experiência:

Geralmente, quando algum evento grande está para ocorrer, minha sensibilidade logo alcança, pois, sinto um grande peso no corpo, tonturas e grande prostração de sono.

Neste dia (do desaparecimento do avião da Malásia), logo ao me deitar, antes de dormir, os visitantes amigos já estavam no quarto me aguardando, eram 4 seres, dois altos, magros, braços longos, mãos e dedos cumpridos e finos, cabeça grande, mas proporcional à altura que passava de 2 metros, cor azul clarinho florescente, exalavam um cheiro que não posso comparar a nada. Os outros dois eram pequenos, de cor cinza claro, magros, cabeças grandes, braços finos e mãos grandes com dedos finos, mas de punho fortes, pareciam ser servidores dos seres maiores, eles se comunicavam entre si. Quando entendi que mais uma vez iria com eles em alguma missão.

Vi-me sair com eles por um portal que se abriu dentro do meu quarto, levada em sono hipnótico. Os pequenos me carregavam nos braços, conseguiam sustentar meu corpo, meu peso, dava para sentir suas mãos e dedos me segurarem. Foi quando em pouco tempo, talvez pequenos minutos, me vi dentro de uma Nave gigantesca: havia um hangar, nele um movimento agitado de pessoas, que estavam sendo retiradas de dentro de um Avião enorme estacionado dentro do hangar. Aqueles pequenos seres cinzas retiravam as pessoas de dentro do avião. Na maioria, os passageiros estavam zonzos, confusos e assustados. Aqueles que me levaram lá me deram uma orientação por telepatia, pediram-me para ajudar acalmar as pessoas, que elas estavam seguras e protegidas, que nada de mal iria acontecer com elas, que estariam bem, iriam ser colocadas em salas de repouso e, posteriormente, orientadas.

Interessante é como eu consegui falar fluentemente em outras línguas diferentes do meu dialeto, quando não falo outro idioma além do meu (Português), simplesmente percebi, que foi ativado um canal de comunicação, enviada por eles à minha mente.

Fiquei algumas horas fazendo isso, até esvaziarmos completamente o Avião e colocar os seus ocupantes em salas separadas, selecionados por padrões de vibrações áuricos de cada um. Inclusive, aqueles que tinham algum tipo de enfermidade ou fraqueza, eram levados a uma sala de tratamento. O movimento foi grande e isso me deixou exalta.

Pela manhã, quase não acordava, sentia-me muito cansada, os braços doíam, mas automaticamente ao me sentar na cama, lembrei do ocorrido, me troquei, fui preparar o almoço, pois já não era hora de tomar café da manhã. E me assustei ao ver nos braços e pernas marcas de dedos e mãos. Eu sempre tive fragilidade capilar (pessoas que tem a pele sensível, que qualquer pancada ou pressão feita, deixa roncha), e aquilo era a prova de que foi mais uma atividade real na outra dimensão. Terminei de fazer o almoço, conclui algumas atividades de rotina de dona de casa, fui ao banho e pude observar melhor a marcas.

Durante o almoço, comentei então com meu filho, pois sempre falo com ele sobre as minhas experiências. Ele, apesar de ser cético e quase ateu, não me questionou, ficou curioso como sempre e disse: Mamãe, se aconteceu isso e algo com alguma Avião vamos saber.

O dia se passou, muito cansada e exausta, procurei descansar o corpo, fazendo tarefas leves e não olhei o noticiário, mesmo porque, aboli a TV em casa, estava me incomodando. Quando quero saber de algo, vejo pela internet. E, naquele dia, não olhei nada. Abri o computador, vi recados, respondi alguns, fechei e fui dormir. Novamente, retornei lá na Nave, direcionei-me às salas, conversei com algumas pessoas e fui orientada por estes seres, que não falam por não terem órgãos da fala. Telepaticamente, pediram-me para dizer àquelas pessoas que dentro de alguns dias eles seriam transferidos para outro lugar. Solicitaram-me também para comunicá-los que eles não haviam morrido, mas foi uma ação de resgate pois, o avião estava condenado a cair e explodir e todos morreriam. Mas, que eles iriam ter vida nova, não poderiam retornar à Terra, pois, havia um trato de sigilo, que não podia ser quebrado. Se eles voltassem, a realidade dos mundos seria revelada e que não era ainda o momento para isso, que a humanidade não estava preparada para entender e aceitar.

Depois de comunicar as pessoas e explicar a situação, vimos que houve uma reação de difícil aceitação: choro, tristeza e choque da realidade. Mas, já não havia outra opção. Neste momento, minha Psicologia e orientação espiritual ajudaram a acalmá-los com palavras de amor, apoio e carinho.

Já no outro dia, ao acordar, não mais fiz minhas rotinas, corri ao computador e procurei alguma notícia, foi quando pude checar que havia sumido um Avião na Malásia. Fique boquiaberta pelo fato, estava mais que comprovado que eu estive lá e que tudo era Real. Não sei porque desta vez, eles me deixaram lembrar de tudo, pois sempre fico esquecida, apenas me lembro de alguns lapsos de lembranças dos fatos.

Meu filho chegou em casa e disse: olha aí mamãe, tem um Avião sumido, será que a senhora esteve lá mesmo? Ele ficou encantado com esta minha experiência, ele também tem uma conexão mental com outras realidades, acessa arquivos e registros do Universo. Mas, mesmo assim, ficou pensativo com este acontecimento, mesmo sendo surreal.

Os dias se passaram e até o momento o dito Avião não foi encontrado. Comentei o fato com uma amiga do Facebook. Ela é muito curiosa com a possibilidade de existir outras vidas, outros mundos e a existências de seres extraterrestres. Ela sempre está pesquisando e buscando respostas, principalmente sobre um possível resgate em massa, caso venha o planeta a passar por um grande cataclismo. Foi quando ela me sugeriu conversar com estes amigos e fazer perguntas. Falei para ela, que me sentia muito à vontade com eles, não havia estranheza, nem clima de medo ou alguma coisa que fosse nociva a esta parceria. Não sentia necessidade de questionar nada, como já soubesse de tudo. Creio que sim, sinto segurança disto, apesar de não lembrar, mas sei que sei o que é, porque não me abalo.

Mas, ela me convenceu a perguntar para onde as pessoas iriam? E se eles iriam resgatar toda humanidade se houver um cataclismo? E, se existe uma previsão?

Sinceramente, de minha parte, eu já teria uma resposta, há muito já tinham me falando sobre acontecimentos e resgates. Eles não têm compromisso com pessoas, tem compromisso com o Planeta, resgatar pessoas, apenas quando vale apena para o Projeto Gaia.

Há muito que a humanidade foi infectada por um mal, enraizado nas culturas por milênios, relativos ao próprio grau de imaturidade moral e espiritual, tornaram-se prisioneiros de seus próprios vícios e tendências.

Nossos amigos são de uma Ética moral inabalada, o respeito ao livre arbítrio é algo que para eles é uma Lei, não podem interferir por hipótese alguma. Quando outros, que na terra se encontram, são o avesso deles. Poderia dizer que estes são uma versão nossa, em nível mental mais elevado, mas se caracterizam pelo mal que desenvolvem e manipulam em nosso meio e em tudo que hoje há, e que afeta nossa evolução e o caos no planeta.

Voltando as perguntas que me amiga sugeriu, fiquei um tanto pensativa, resisti à ideia, mas fiquei com ela em mente. Em outra noite, já me vi em Naves com eles, em viagem, logo percebi que eles leram minha mente e viram as perguntas que lá estavam, feitas por minha amiga Curiosa.

Levaram-me, então, até as montanhas e Alpes dos Andes. Pude ver que se abriu uma passagem, deixando a Nave entrar. Havia uma cidade intraterrena, bem arquitetada, de muito bom gosto e espaçosa. Seres de diversas Raças lá habitavam, senti que alguns eram de formas sutis, outros um pouco mais densos. Vi animais livres, pássaros, riachos, flores e seres a caminhar entre eles, por caminhos e relvas verdes, até chegar num prédio ou setor, em que havia um laboratório, onde humanos e seres “extraterrestres e intraterrestres” se uniam em pesquisas importantes. Explicaram-me, que estavam preocupados demais com a situação atual do planeta, a contaminação das águas pela Radioatividade, e que estavam tentando criar em laboratório um antídoto, para vetar os avanços da contaminação feita pelo homem. Entre outras preocupações, falaram-me, estava o equilíbrio energético da terra, onde forças contrárias estariam afetando de forma radical, podendo causar muitos danos à saúde e a harmonia da Vida sobre a terra. Mas que também estavam estudando e abrindo debates e ações para controlar estes fatos. Engenheiros Cósmicos já haviam desenvolvido um estudo, estavam quase prontos para executar.

Percebi, neste ínterim, que estava diante de irmãos e amigos que protegiam a humanidade e aqueles que têm importante missão nesta fase de transição planetária, como também são os Guardiões de Gaia.

Agora eu digo, cadê as respostas? Uma pergunta eu fiz: por que estou aqui vendo isso? Eles me disseram por telepatia, todos nós levamos chaves, cada ser, em especial alguns, possuem chaves para abrir portais, e isto é um segredo, pois somente quando estas chaves abrem é que eles podem ajudar ou interferir direta ou indiretamente de alguma maneira.

Com relação às questões que havia em mente, feitas por minha amiga, eles me disseram, você já tem a resposta, explique a sua amiga, diga-lhe o que for preciso. Eu entendi, e sabia exatamente o quê estavam me dizendo. Difícil seria fazê-la entender, quando as pessoas criam expectativas e não conseguem romper o véu da insensatez.

Fiz mais uma pergunta: por que, se tenho uma chave, eu não sabia disso antes, e sofri muito, passei até como maluca por alguns, como hoje ainda pensam, e não me avisaram?

Eles me disseram, que alguns séculos atrás e em outros mundos, muitos fatos trágicos ocorreram em mundos que passavam por provas, expiações de evolução, em que estas pessoas foram massacradas e mortas sem poderem concluir a missão. Não querem que volte acontecer, já houve muitos atos de heroísmo que não acelerou mudanças moral alguma, a humanidade está cega, surda e muda na ilusão da 3D. Por isso que são controladas e usadas pelas sombras. Os irmãos especiais ou missionários específicos cumprirão seu fardo, no tempo previsto, para não sofrer danos maiores e prejudicar o Plano Superior. Diante desta Revelação, tive a certeza de que no fundo, sempre soube disto, ao menos sentia de alguma forma. Fiquei tranquila e agradeci a importante revelação. Agora poderia compreender melhor e responder a tantos outros questionamentos. Tudo estava se encaixando.

Despedimo-nos dos irmãos do Laboratório, passamos novamente entre a relva e lindos seres, retornamos a Grande Nave, onde lá me falaram que os resgatados estavam sendo separados e preparados para irem para as Colônias de acordo com as vibrações e seriam ajudadas e os especialistas iriam trabalhar a serviço de Gaia e dos outros mundos.

Retornando para casa, fiz uma pergunta, sobre o que fariam com o Avião? Eles me disseram que possivelmente seria encontrado depois de algum tempo, eles iriam colocá-lo em um local visível, para não levantar suspeitas, mesmo porque, estavam previstos outros acontecimentos, que eles não poderiam intervir da mesma forma, mas que seriam salvos alguns passageiros e tripulantes. Em tragédias e cataclismos, eles sempre atuam e fazem resgates, isso já é um fato. Foi quando me lembrei, que durante aquele Tsunami que houve na Indonésia, eu estava lá e os ajudei a resgatar pessoas e animais (assunto para outro momento).

Sendo assim, prezado e querido amigo Moacir, hoje tenho uma melhor visão daquilo que posso ser, de onde vim e para onde vou, só mudamos a rota se quisermos, somos todos livres. Mas, se mudarmos a Rota, não só vai prejudicar a um, como irá prejudicar todo um plano e atrasar avanços necessários a todos. Compreendo hoje porque pessoas aparecem em nossas vidas e somem, porque aquelas que aparecem, também trazem chaves neste mundo, para consolidarem projetos e causas. Seja de uma maneira ou de outra, fecham-se e abrem-se ciclos, e se observarmos atentamente, saberemos distinguir e discernir os sinais. Somos interligados a Inteligência Maior, é um dom que todos possuem e podem usar, se não temer as verdades e sair desta Matrix.

Venho mantendo com frequência um canal com nossos amigos, telepaticamente, em viagens e contatos em dias ou semanas alternados.

Tenho me sentido cansada, pois minha rotina mudou muito. Hora de Dormir, nunca é certa, hora de comer não tenho, lazer quase nenhum, só trabalho de alto nível de responsabilidade, tanto aqui, como no astral e em outros mundos. Mas sei que vim para cumprir o que já havia sido combinado. Então, respirar fundo, agradecer e fazer acontecer. Tudo está Fluindo.

Querido Moacir, eu confio em você, porque sei que você faz parte do plano. Já me disseram.

Como visto na narrativa, tudo se consolida com a minha intuição ao escrever o primeiro artigo sobre o desaparecimento do avião da Malásia e que muito da experiência acima transcrita apresenta correlação com as revelações constantes dos livros Conspiração Interdimensional 1 e 2 (ambos canalizados), ou seja: sobre os seres do bem e do mal, (os que ajudam e os que atrapalham e atrasam o progresso espiritual da Terra); sobre a possibilidade de acontecerem viagem entre dimensões por intermédio de naves espaciais (situação que vem acontecendo com muitas pessoas, embora nem todas se recordem após as noites de sono) e sobre a possibilidade de uma pessoa ser levada para outra dimensão sem passar pela morte física (isso aconteceu com personagens dos livros e agora com os passageiros do avião).

Os passageiros e tripulantes do voo, portanto, não tiveram mortes físicas e estão em uma nova existência, salvo que foram de morte iminente, uma vez que o avião cairia por algum problema, sendo, por conseguinte, um caso de abdução, um resgate pautado no amor. Como ainda foi revelado, alguns permaneceram na grande nave, outros foram transportado para colônias de outro mundo e alguns levados para a cidade intraterrena, de acordo com nível vibracional/espiritual, saúde e conhecimento, com o intuito de trabalhar em prol do bem maior e coletivo.

O possível encontro de alguma parte do avião poderá ainda acontecer, como revelado, por uma estratégia de transparecer acontecimento natural e dar uma satisfação aos países, com o fito de ser o mistério desfeito, pois, como os seres disseram, se a verdade fosse divulgada pelos meios de comunicação em massa ou acontecesse o reaparecimento dos passageiros, tais situações gerariam um grande problema, uma vez que a população mundial, em sua maioria, não está, por enquanto, preparada para as vidas multidimensionais e presenças de seres de outras dimensões interagindo-se diretamente com pessoas terrenas.

Em face do que foi dito no parágrafo anterior, pode parecer antagonismo a autorização dada pelos seres para a divulgação da experiência vivida por minha amiga, porém, entendo que o fizeram por saberem que a leitura terá um efeito positivo especificamente naqueles que já acordaram ou estão despertando para uma nova realidade ligada às diversas dimensões, muito além do limitado mundo tridimensional em que vive, encarcerada, a maioria da população terrena.

Luz, amor e conhecimento.

Moacir Sader

Mestre de Reiki Usui, Karuna e da Chama Violeta

Fonte: http://moacirsader.com/abducao.htm

Lei Federal nº 12.970, foi sancionada em 9 de maio e torna sigilosa a investigação de acidentes aéreos.

Lei Federal nº 12.970, foi sancionada em 9 de maio e torna sigilosa a investigação de acidentes aéreos. A lei que torna sigilosa a investigação de acidentes aéreos no Brasil mudou completamente a maneira de apuração de um acidente. A lei, que foi sancionada em maio deste ano pela presidente Dilma (PT), afirma que, a polícia e o Ministério Público, só terão acesso à caixa-preta do avião, o qual permite escutar as conversas da tripulação, com a permissão judicial. Mesmo assim, a lei estabeleceu duas regras que permite a liberação dos dados. Desde que haja a permissão em forma de consulta do Cenipa, órgão da Aeronáutica responsável pela apuração de acidentes aéreos; e que essas informações sejam protegidas por segredo de Justiça, evitando a divulgação do conteúdo. O procurador do Ministério Público Estadual, afirma que essa lei dificulta a investigação da responsabilidade criminal.

Vale inicia a venda das passagens para viagem no novo trem de luxo Vitória/Minas

Será no dia 5 de agosto, numa terça-feira, a primeira viagem do novo trem de passageiros que faz a ligação dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo desde 1904. As passagens já estão sendo vendidas. A boa notícia é que não haverá aumento. A Vale investiu US$ 80,2 milhões para renovar a frota. Os vagões obedecem a padrões europeus de qualidade. Serão 56 novos vagões comprados na Romênia, sendo 10 executivos e 30 econômicos.

O trem é todo novinho. Além de vagões-restaurante, lanchonete, gerador e cadeirante (destinado a pessoas com dificuldade de locomoção), os novos carros também são equipados com monitores de vídeo para oferecer uma opção de entretenimento aos passageiros durante a viagem. Esse tipo de monitor é usado pelas companhias aéreas.

Toda a composição conta com detector de fumaça, aumentando a segurança dos usuários. Cada carro executivo tem capacidade para transportar 60 passageiros. Os econômicos terão 79 lugares. Nas duas classes os vagões têm ar condicionado. A tradicional varanda que permitia você tirar fotos das belas paisagens não poderá ser mais usada. Com a climatização, elas serão fechadas.
Interior do vagão comprado pela Vale na Romênia para modernizar o trem de passageiros
 Os vagões terão ainda com tomadas elétricas individuais nas poltronas para possibilitar o carregamento de equipamentos eletrônicos, como notebooks e telefones celulares. Os banheiros receberam novo layout e tecnologias voltadas a priorizar o uso sustentável dos recursos naturais, como a substituição do papel toalha por ar quente para a secagem das mãos. O sistema de descarga é a vácuo, semelhante ao utilizado na indústria da aviação, o que reduz o consumo de água.
Os carros da classe executiva contam com sistema de som e iluminação individualizados para dar maior conforto e comodidade aos viajantes. Outro diferencial são as poltronas, mais largas, e com inclinação maior que as da classe econômica. As novidades contemplam também os carros-restaurante e cadeirante. O primeiro possui 72 lugares, o que representa um acréscimo de 56% em relação às composições que operam atualmente.
Ponte localizada entre as cidades de Caeté e Belo Horizonte
O investimento prevê ainda um novo sistema de abertura e fechamento das portas externas, bem como as localizadas entre um carro e outro, que é automático. A travessia entre os carros também mereceu melhorias e ficará ainda mais segura e confortável. Isso porque a conexão entre os vagões passa a ser vedada por um sistema de plástico emborrachado.
A viagem de Belo Horizonte até Vitória dura cerca de 12 horas. Você não precisa fazer o trajeto completo para conhecer o novo trem. Pode ir até Ipatinga, no Vale do Aço, e voltar no mesmo dia. A passagem na classe econômica custa R$ 28 e na executiva R$ 49. Até Vitória você vai gastar R$ 91 na executiva e R$ 58 na classe econômica.

Professor atingido por cinco tiros em escola está em situação grave

Três disparos atingiram as costas, um a boca e outro no braço.
Ele foi submetido a cirurgia e está internado na UTI do Huse.

G1 Sergipe

Fonte: http://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2014/08/professor-atingido-por-cinco-tiros-em-escola-esta-em-situacao-grave.html

O professor baleado dentro da Escola Estadual Professora Olga Barreto na noite de terça-feira (12) foi submetido a uma cirurgia na madrugada desta quarta-feira (13) e continua internado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) em Aracaju.

A assessoria de comunicação do Huse informa que o estado de saúde dele é considerado grave e que ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Dos cinco tiros supostamente disparados por um aluno, três atingiram as costas, um a mandíbula e o outro o braço.

A tentativa de homicídio aconteceu dentro da sala de professores da escola que fica no Conjunto Eduardo Gomes, em São Cristóvão (SE). Segundo testemunhas, o estudante teria ficado revoltado com uma nota baixa em Biologia, disciplina que Carlos Cristian Almeida Gomes lecionava.

O bombeiro civil Everton Oliveira tinha acabado de deixar a esposa na porta da escola e foi o primeiro a prestar socorro ao professor baleado. “Ele estava consciente e chegou a conversar com os policiais”, disse.

“O professor Cristian é espetacular como profissional e como pessoa. Mesmo com qualquer indignação não era necessário chegar às vias de fato como aconteceu”, desabafa uma aluna.

Policiais militares do Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati) e da Rádio Patrulha estiveram no local minutos depois do crime e, com a ajuda da direção da escola, identificaram o jovem infrator que conseguiu fugir.

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) informou que o estudante tem 17 anos e que ainda está foragido.

CONCURSO PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE TOLEDO, NO ESTADO DE MINAS GERAIS

 

O CONCURSO PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE TOLEDO, NO ESTADO DE MINAS GERAIS, SERÁ EM SETEMBRO E DISPONIBILIZA VAGAS PARA DIVERSOS CARGOS, DESDE ENSINO FUNDAMENTAL ATÉ SUPERIOR.
 
As inscrições já estão abertas através do site:
 
 
É só acessar o link, fazer a inscrição, imprimir e pagar o boleto. O conteúdo programático das provas está, também, acessível no edital publicado no site. Vale a pena disputar uma vaga no certame, pela seriedade do concurso, pelos valores oferecidos a cada cargo e pela garantia de estar trabalhando com estabilidade.
 
 
 
Toledo fica no Sul de Minas, na região de Pouso Alegre, portanto bem próxima de São Paulo, chegando-se até ela através da Rodovia BR 381 (Fernão Dias).
 

 

TRISTE – EDUARDO CAMPOS MORREU..

Eduardo Campos sofreu desastre aéreo em Santos. Avião cai na área urbana de Santos, no litoral paulista; candidato do PSB era esperado para compromisso no Guarujá; Eduardo Campos estava no Rio de Janeiro ontem, de onde o aparelho decolou; em São Paulo, candidato a vice-governador, Marcio França, que esperava o presidenciável, afirmou que não tem contato com Campos desde 9 horas da manhã; perícia já verifica área atingida por queda da aeronave; dúvida sobre atraso ou tragédia na eleição presidencial?; Rede Globo informa que aparelho era um Cesna monomotor; dez pessoas feridas teriam sido atendidas.

Fonte: http://jesusdacosta.blogspot.com.br/2014/08/triste-eduardo-campos-morreu.html

Candidato à presidência Eduardo Campos morre aos 49 anos

Avião que levava o político caiu em Santos na manhã desta quarta-feira

Candidato à presidência Eduardo Campos morre aos 49 anos Tadeu Vilani/Agencia RBS

Eduardo Campos morreu nesta quarta-feira, aos 49 anosFoto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

O candidato à presidência da República Eduardo Campos, que disputava as eleições pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), morreu na manhã desta quarta-feira, apósacidente de avião em Santos, no litoral de São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do partido.

Além do candidato, também morreram no acidente aéreo em Santos Pedro Valadares Neto, ex-deputado e assessor particular do candidato; Carlos Augusto Percol Filho, assessor de imprensa; Marcelo de Lyra, cinegrafista, e Alexandre Gomes e Silva, fotógrafo. Os pilotos da aeronave Geraldo da Cunha e Marcos Martins também faleceram.

Leia mais sobre o acidente:
Jato que caiu com Eduardo Campos estava regular
“Não pode ser”, lamenta Beto Albuquerque
José Ivo Sartori: “É um acidente e um desastre político”

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá, no litoral de São Paulo. “Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo”, diz a nota. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave. Além disso, a Aeronáutica já iniciu investigações para apurar o que teria causado o acidente.

Um morador de Santos publicou um vídeo feito logo após o acidente:

Nesta terça-feira, Eduardo Campos deu entrevista ao Jornal Nacional. Na sabatina, o candidato foi questionado sobre suas principais promessas – como escola em tempo integral, passe livre para estudantes do ensino público, aumento dos investimentos em saúde para 10% das receitas da União e multiplicar por 10 o orçamento para segurança. Campos afirmou que só tinha uma promessa de campanha: “melhorar a vida do povo brasileiro”.

Nascido em Recife (PE) em 1965, Eduardo Henrique Accioly Campos era neto de um dos mais influentes líderes da esquerda nacional, o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes. Iniciou a militância política durante a faculdade de Economia, quando presidiu o diretório acadêmico do seu curso na Universidade Federal de Pernambuco. Ingressou no PSB em 1990, acompanhando o avô, com quem trabalhava. Elegeu-se deputado estadual neste mesmo ano.

Leia mais:
“O avião caiu de bico, a uns 65 graus”, relata morador de Santos
A trajetória de Eduardo Campos em cinco momentos
Candidato estava em terceiro na corrida pela Presidência

No Twitter, a Rede Sustentabilidade, partido da vice Marina Silva, publicou uma mensagem lamentando a morte do candidato:

Jato com Eduardo Campos cai no litoral paulista, diz assessoria Tassio Ricardo/Arquivo Pessoal
Foto do local do acidente, feita logo após a queda do avião em que Eduardo Campos estava (Tassio Ricardo / Arquivo pessoal)

Em 1994, foi eleito deputado federal pela primeira vez (reelegeu-se em 1998 e 2002). Entre 1995 e 1998, esteve licenciado do mandato para trabalhar como secretário estadual de Governo e depois da Fazenda no governo de Miguel Arraes.

Fonte:http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/politica/noticia/2014/08/candidato-a-presidencia-eduardo-campos-morre-aos-49-anos-4574158.html

Eduardo Campos morre em acidente aéreo em Santos

Jato em que estava o presidenciável caiu em aérea residencial no litoral paulista

POR O GLOBO

Jato em que viajava o presidenciável Eduardo Campos cai em Santos Foto: RICARDO NOGUEIRA / AFP
Jato em que viajava o presidenciável Eduardo Campos cai em Santos – RICARDO NOGUEIRA / AFP

Candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos – Reprodução

RIO – O presidenciável Eduardo Campos (PSB-PE ) morreu na manhã desta quarta-feira em um acidente aéreo em Santos. O jato em que estava o político caiu na altura do número 136 Rua Alexandre Herculano, nas imediações do Canal 3, a cerca de sete quadras da praia. Não houve sobreviventes. Ao contrário do informado antes pelo PSB, a mulher do candidato, Renata, e o filho Miguel não estavam na aeronave. Segundo a Aeronáutica, estavam no avião, além de Campos, os assessores Pedro Valadares e Carlos Percol, além de um cinegrafista.

(Acompanhe a cobertura do acidente em tempo real)

O Comando da Aeronáutica informou, por nota, que o avião, modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, caiu às 10h. “A aeronave decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave”, diz nota da Aeronáutica.

Read more: http://oglobo.globo.com/brasil/eduardo-campos-morre-em-acidente-aereo-em-santos-1-13586260#ixzz3AIBPlZKT

Campos estava em avião que caiu em Santos, diz coordenador de campanha

Presidenciável do PSB está desaparecido desde a manhã desta quarta. ‘Tudo indica que foi isso que aconteceu’, diz deputado

O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e candidato à Presidência pelo PSB estava a bordo do avião que caiu em Santos na manhã desta quarta-feira, confirmou o coordenador de campanha Carlos Siqueira. Ao iG, o assessor da Rede, Emilio Júnior, a candidata à vice na chapa do PSB, Marina Silva, não estava na aeronave.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-08-13/eduardo-campos-estava-em-aviao-que-caiu-em-santos-diz-fonte-do-psb.html

Aluno envolvido em trote com saudação nazista é expulso da UFMG

Outros 3 estudantes foram suspensos por um semestre, diz universidade.
Caso aconteceu na Faculdade de Direito em março de 2013.

G1 MG

Fonte: http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2014/08/aluno-evolvido-em-trote-com-saudacao-nazista-e-expulso-da-ufmg.html

Aluno de blusa preta foi expulso, os outros dois suspensos por um semestre (Foto: Reprodução / TV Globo)

Aluno de blusa preta foi expulso, os outros dois,
suspensos da UFMG por um semestre. 
(Foto: Reprodução / TV Globo)

 

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) decidiu nesta terça-feira (12) expulsar um dos alunos envolvidos em um trote polêmico na Faculdade de Direito em março de 2013. De acordo com a universidade, outros três estudantes foram suspensos por um semestre.

O caso ganhou repercussão após fotos da recepção de calouros começarem a circular na internet. Em uma das imagens postadas, uma jovem aparece pintada de preto e tem uma placa de papel pendurada no pescoço com os dizeres “caloura Chica da Silva”, as mãos dela estão acorrentadas e um rapaz segura essa corrente. Na outra imagem, três jovens, um deles com um pequeno bigode, fazem um gesto típico dos nazistas – a mão esticada para frente – ao lado de um rapaz amarrado a uma pilastra.

De acordo com a universidade, este aluno que tinha um bigode e fazia o gesto nazista foi o expulso. Os quatro envolvidos eram estudantes de Direito na época do trote.

Após trote polêmico, aluno foi suspenso por um semestre pela UFMG (Foto: Reprodução / TV Globo)Após trote polêmico, aluno foi suspenso por um
semestre pela UFMG (Foto: Reprodução / TV Globo)

A decisão foi tomada pelo Conselho Universitário durante uma reunião nesta terça-feira. Conforme a UFMG, a recomendação foi feita por uma comissão de professores encarregada de conduzir o processo administrativo disciplinar instaurado contra os estudantes. A comissão trabalhou no caso desde 7 de outubro de 2013.

No parecer final, segundo a UFMG, a comissão considerou que as imagens “são repulsivas e remontam a situações simbólicas de discriminação histórica, além de atentar contra as conquistas da liberdade, igualdade e diversidade garantidas juridicamente, o que não pode ser olvidado, especialmente em uma faculdade de direito”.

Os estudantes não foram localizados para comentar a decisão.

Perseidas

As Perseidas ou Perséiades são uma prolífica chuva de meteoros1 associada ao cometa Swift-Tuttle.2 São assim denominadas devido ao ponto do céu de onde parecem vir, o radiante, localizado na constelação de Perseus. As chuvas de meteoros ocorrem quando a Terra atravessa um rastro de meteoros. Neste caso o rastro é denominado de nuvem Perseida e estende-se ao longo da órbita do cometa Swift-Tuttle. A nuvem consiste em partículas ejetadas pelo cometa durante a sua passagem perto doSol. A maior parte do material presente na nuvem atualmente, tem aproximadamente 1.000 anos. No entanto, existe um filamento relativamente recente de poeiras neste rastro proveniente da passagem do cometa em 1862.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Perseidas

Julho será o mês ideal para se dedicar à noite para observar maravilhas celestes: cúmplice não só o clima, finalmente quentes, mas especialmente a combinação bem sucedida de dois cometas vai aparecer no firmamento, mesmo sem o uso de ferramentas que são particularmente sensíveis. A abóbada estrelada começa sua preparação para agosto, quando os mais espetaculares estrelas cadentes vai navegar nas noites brilhantes.

Chuva de meteoros sobre a Terra acontece entre hoje e quarta

perseidas (1)

Marina Marques/Guia da Semana e O Globo com Rádio Tangará

A anual chuva de meteoros Perseidas, conhecida popularmente como “Lágrimas de San Lorenzo”, acontecerá de novo em 2014, com pico entre os dias 12 e 13 de agosto, inciando hoje, 11 de agosto, após o episódio da superlua, que presentou os pais em seu domingo, ontem. A taxa média de meteoros por hora será de 15, com pico de até 100 meteoros, e seu radiante está na constelação de Perseu.

Fonte: http://radiotangara.com.br/chuva-de-meteoros-sobre-a-terra-acontece-entre-hoje-e-quarta/

Recentemente vista na Terra, as Perseidas são uma prolífica chuva de meteoros associada ao cometa Swift-Tuttle. São assim denominadas devido ao ponto do céu de onde parecem vir, o radiante, localizado na constelação de Perseus.

Os meteoros são pequenos corpos celestes que se deslocam no espaço e entram na atmosfera da Terra, queimando parcial ou totalmente devido ao atrito com a atmosfera terrestre e ao contato com o oxigênio. Este fenômeno deixa um risco luminoso no céu, que é popularmente chamado de “estrela cadente”. As chuvas de meteoros não representam riscos para a Terra e acontecem em praticamente todos os meses, algumas com mais intensidade e ampla visibilidade.

NO BRASIL – Antes da Perseidas, aconteceu chuva de meteoros Delta Aquarídeas, no final de julho, onde o fenômeno pôde ser visto em todo Brasil. Como o nome indica, ela parece ter origem, o chamado radiante, próxima da estrela delta da constelação de Aquário, batizada Skat, que no Rio de Janeiro surgiu no horizonte Leste por volta das 20h de filou visível durante toda a noite.

Além de um céu limpo, com poucas ou sem nuvens, para melhor observar o fenômeno é aconselhável se afastar das luzes das cidades e procurar um lugar escuro, como um sítio, fazenda ou mesmo uma estrada pouco movimentada. As Delta Aquarídeas exibiram cerca de 20 “estrelas cadentes” por hora.

As chuvas de meteoros são produzidas pela passagem da Terra por trilhas de detritos e poeira deixadas por objetos, em geral cometas, que cruzam a sua órbita em torno do Sol. No caso das Delta Aquarídeas, porém, os astrônomos ainda não conseguiram identificar definitivamente qual seria este objeto. As principais suspeitas recaem sobre o cometa 96P Machholz. Descoberto em 1986 pelo astrônomo amador americano Donald Machholz, o 96P Machholz é um chamado cometa de curto período, com uma órbita que o leva pouco além de Júpiter em seu afélio, isto é, ponto de maior distância do Sol, e o traz para mais perto que Mercúrio na maior aproximação de nossa estrela, o periélio, a cada cinco anos aproximadamente.

O auge das Delta Aquarídeas se segue ao pico de outra chuva de meteoros menor, as Alfa Capricornídeas, registrado no último sábado e também ainda visível no Brasil. Embora exiba apenas cerca de cinco “estrelas cadentes” por hora em seu máximo, as Alfa Capricornídeas produzem alguns dos maiores e mais brilhantes meteoros de todas as principais chuvas vistas no planeta, que se acredita serem fruto da quebra de metade do cometa 169P/NEAT há cerca de 5 mil anos. A maior parte dos detritos deste evento, no entanto, só deverá cruzar a órbita da Terra daqui a 300 anos. Assim, os cientistas esperam que as Alfa Capricornídeas se tornem a principal e mais prolífica chuva de meteoros no planeta entre 2220 e 2420

O pico das Delta Aquarídeas também precede o auge de uma das mais famosas e aguardadas chuvas de meteoros do ano, as Perseidas. Melhor observada no Hemisfério Norte, que está no verão, e apenas nas latitudes mais ao Norte do Brasil, as Perseidas deverão exibir até cem “estrelas cadentes” por hora este ano no seu auge, previsto para a noite de 12 para 13 de agosto. Este ano, porém, a visão dos meteoros das Perseidas será atrapalhada por uma brilhante Lua cheia que também será a maior “superlua” de 2014. Este fenômeno é registrado quando a Lua atinge sua fase nova ou cheia próxima do perigeu, ponto em que está mais perto da Terra. Nestas ocasiões, sua circunferência parece 10% a 15% maior do que a vista no fenômeno inverso, a “microlua”, na qual a entrada da Lua nas fases cheia ou nova coincide com o apogeu, ponto em que está mais afastada do planeta.

Suspeitos de matar sócia de restaurante na Gávea são presos

Maria Cristina Bittencourt Mascarenhas, a Tintim, morreu no dia 17 de julho.
Sócia do Guimas levou um tiro na cabeça ao reagir a assalto na Gávea.

 Guilherme Brito Do G1 Rio

Policiais da Divisão de Homicídios (DH) do Rio prenderam três suspeitos do homicídio da empresária Maria Cristina Bittencourt Mascarenhas, sócia do restaurante Guimas, na Gávea, Zona Sul do Rio. Conhecida como Tintim, ela teria reagido a um assalto no dia 17 de julho e levou um tiro na cabeça, disparado por um homem que estava na garupa de uma moto.

Maria Cristina Bittencourt Mascarenhas tinha 66 anos (Foto: Reprodução / Globo)Maria Cristina Bittencourt Mascarenhas tinha
66 anos (Foto: Reprodução / Globo)

De acordo com as imagens e depoimentos, cinco homens participaram da ação. Dois deles seguem foragidos e só um foi identificado. Os suspeitos confessaram o crime.

Escolha aleatória, diz delegado
A investigação aponta que os criminosos escolheram a vítima no dia, dentro do banco onde ela sacou dinheiro para pagar funcionários.

“Ela foi escolhida aleatoriamente em razão da fragilidade dos bancos. Como que uma pessoa que vai ao banco tem que entrar em uma sala reservada, que todo mundo sabe que ela vai sacar dinheiro?”, questionou o delegado Rivaldo Barbosa.

Leia Mais: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/08/suspeitos-de-matar-socia-de-restaurante-no-rio-sao-presos.html

EUA proíbem companhias aéreas de sobrevoarem Iraque

Por questões de segurança, companhia turca Turkish Airlines anunciou a suspensão de voos para o Curdistão iraquiano

Fonte : http://oglobo.globo.com/mundo/eua-proibem-companhias-aereas-de-sobrevoarem-iraque-13534961#ixzz39pvAQ38X

Empresa turca também suspende voos para o Iraque – OZAN KOSE / AFP

WASHINGTON — A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) proibiu nesta sexta-feira as companhias aéreas do país e outras operadoras comerciais de sobrevoar o Iraque. Segundo o órgão, a “situação potencialmente perigosa” criada por confrontos entre jihadistas e forças de segurança iraquianas e aliados ameaçam a segurança das aeronaves que passam pelo país. A empresa turca Turkish Airlines também anunciou a suspensão de viagens para o país.

SENTENÇA PROFERIDA NO FÓRUM DA CIDADE DE ANDRELÂNDIA, MG – PROTESTO VEEMENTE

A SENTENÇA EM QUESTÃO REFERE-SE AO PROCESSO  0036396-98.2013.8.13.0028

http://www4.tjmg.jus.br/juridico/sf/proc_resultado.jsp?comrCodigo=28&numero=1&listaProcessos=00363969820138130028&btn_pesquisar=Pesquisar

          Dentro dos meus parcos conhecimentos jurídicos – que advogado não sou – , mas que me obrigo a ter por imposição legal: , “ninguém se escusa de cumprir a lei, alegando que não a conhece” – art. 3o da Lei de Introdução ao Código Civil -, e fazendo uso do meu direito de protestar e me expressar livremente, dentro do “estado de direito”, – direito esse preconizado e assegurado no Art. 5º da Constituição da República Federativa do Brasil -,  exponho minha indignação contra a decisão da Juíza de Direito da Comarca de Andrelândia, Dra. Michele Camarinha, conforme irei expor a seguir e tal como consta do referido processo:
       No dia 07 de outubro de 2012, em frente à residência onde eu morava, por volta das 22h15min, na Rua Américo Monteiro, 314, Bairro São Dimas, na pequena cidade de Andrelândia, MG, eu e meus familiares escutamos o som da passeata em comemoração à vitória do candidato a prefeito Samuel pela coligação PMDB/PSDB. Como eu apoiei abertamente o candidato que foi derrotado – Ibraim, pela coligação PV/PTB/DEM-, fiquei muito visado e sabia que, ao passar em frente à minha residência, a passeata poderia desrespeitar-me. Liguei para a Polícia Militar várias vezes pedindo proteção e me foi dito que a passeata estava sendo precedida pelos policiais. Não foi o que vi quando a passeata se aproximou da minha casa e começaram a gritar palavras de baixo calão contra a minha pessoa. Percebi que a passeata estava parada em frente a minha casa e alguns indivíduos gritavam histericamente palavras de baixo calão. Decidi sair pela garagem e verifiquei que não havia nenhum policial. Verifiquei, também, que três indivíduos, sendo dois conhecidos Lincol Teixeira Carvalho e Daniel Aparecido da Silva, e um que não conheço, de nome Rivair, me insultavam. Pedi-lhes que respeitassem minha casa e continuassem a caminhada de comemoração. Lincoln partiu para cima de mim e me acertou um soco no olho esquerdo, enquanto Daniel e Rivair me acertaram pelas costas. Nesse instante, Augusto, meu filho, saiu em meu socorro e conseguiu acertar Lincoln que caiu e os dois que o ajudavam se afastaram covardemente. A partir daí, alguns populares separaram a contenda e o Sr. Fábio, do Bar dos Cariocas, colocou o seu veículo na frente da multidão, como uma barreira de proteção.
          A Policia Militar, enfim, chegou ao local da contenda e levou os contendores para efetuarem o auto de corpo de delito (fui, ainda, ameaçado pelo advogado de Lincoln, Dr. Leonardo, no Hospital e fiz BO contra ele). Depois, os policiais levaram-nos para a sede da 140ª CIA PM, onde lavraram o Boletim de Ocorrência, ouvindo as testemunhas, sendo Daniel Aparecido da Silva, Meresmar Rita Viana Gonçalves Estanislau e Rivair em favor de Lincoln. A meu favor e de Augusto, tendo em vista a situação peculiar de meus adversários políticos na passeata, apresentou-se o Dr. Jordan Altro, que também estava na passeata comemorando a vitória de Samuel. Dr. Jordan, eu e Augusto, confirmamos os fatos conforme aqui narrados. As testemunhas de Lincoln narraram que em momento algum ouve agressão verbal por parte deles ou de Lincoln e que apenas Lincoln foi agredido, não reagiu. Da mesma forma se pronunciou Lincoln, como vítima inconteste de uma injustiça e de uma covardia em frente à minha casa. 
 
          No dia seguinte, na Delegacia de Policia Civil, os depoimentos foram confirmados. O Inquérito, foi, então, enviado para o Fórum da Comarca de Andrelândia. Aí, se iniciou os disparates. Fui intimado para a Audiência de Conciliação e, no meio da audiência, estranhamente, o Promotor de Justiça, Dr. Júlio César Teixeira Crivelare, me dispensou, afirmando não haver fatos para acusar-me. Tudo foi montado como uma peça acusatória sobre Lincoln e Augusto como agressão mútua. A Juíza não concordou com a minha saída e mandou a decisão para a Procuradoria decidir. Na peça de acusação, o Ministério Público demonstrou – a meu ver – clara tendência para condenar o Augusto com mais contundência, destacando que agravava-se contra ele o fato dele ser estudante de direito e aluno de artes marciais (ainda bem, pois ele – no meu entendimento – conseguiu proteger a sua casa e o seu genitor quando o estado, que havia sido instado, não compareceu a tempo).
           Posteriormente, no dia 11 de junho de 2014, e inesperadamente foi intimado para uma audiência de instrução e julgamento, noutro processo (o citado acima) onde constava Lincoln como réu e eu como vítima. No entanto, fui ouvido pela Juíza, apenas, como testemunha, não me dando o direito de contratar advogado. Senti-me sabatinado na frente da magistrada, como se lá estivesse a contar inverdades.
          No dia 21 de julho de 2014, data em que comemorei 55 anos, a Juíza de Andrelândia Dra. Michele Camarinha proferiu sentença: 
… “Em audiência de Instrução e julgamento, … foi apresentada defesa…, ouvida a vítima… e, ao final, interrogado o acusado…
                                        Passo a decidir.
Diz que a materialidade do delito de Lincoln restou provada, mas que na autoria não foram produzidas provas.
 
Alega a Meritíssima que o processo correu regularmente e foi ouvida as testemunhas (de Lincoln – claro!) Daniel Aparecido da Silva e Meresmar Rita Viana Gonçalves Estanislau.
 
A magistrada continua suas alegações, para preferir a sentença, dizendo que não houve nenhuma comprovação de que o acusado me agrediu.
ORA, AQUI VAMOS COLOCAR UMA OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: NÃO FOI CONSIDERADO E NEM OUVIDO PELA JUÍZA O DEPOIMENTO DO DR. JORDAN ALTRO, QUE PRESENCIOU OS FATOS E OS NARROU A MEU FAVOR E DE AUGUSTO. FORAM OUVIDAS, APENAS, AS TESTEMUNHAS DE LINCOLN. NO MEU PARCO ENTENDIMENTO JURÍDICO, PERGUNTO: ONDE FICOU O DIREITO  À AMPLA DEFESA E AO CONTRADITÓRIO?
          Enfim, alega a Juíza Dra. Michele, que, pela fragilidade das provas, “outra solução não resta que não a absolvição do acusado.
           A Magistrada cita, ainda, para robustecer sua sentença, decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo no sentido de que se precisa de certeza do delito para se proferir sentença de condenação.
           Estou tentando entender o que se passou nesse processo, visto que sou vítima e fui colocado como testemunha numa audiência que – na minha opinião – nem deveria haver. Fui, anteriormente, alijado do processo principal (0208.12.002408-9) – onde, entendo, deveria estar como vítima – pelo Ministério Público. Montaram duas peças e a Juíza só ouviu as testemunhas do réu. Ora, poderá ela alegar ser obrigação do meu advogado convocar a testemunha, sendo em caso, o Ministério Público. Então, estranhamente, o Promotor de Justiça só chamou as testemunhas que falaram a favor do réu, o próprio réu e o advogado de defesa do réu (Dr. Leonardo- Presidente da Subseção da OAB em Andrelândia), ficando eu sendo sabatinado na audiência, sem advogado, sentindo-me um réu.
 De outro lado, já que a Meritíssima colocou na sua sentença decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, coloco, abaixo, decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais acerca de decisões onde se pode absolver sumariamente um réu:
           
…”De outra banda, não demonstrou a Defesa , de modo insofismável , que os réus pronunciados , quando do episódio delitivo , tenham agido amparado com qualquer das excludentes previstas em lei , capaz de elidir de plano , o julgamento pelo Egrégio Tribunal Popular do Júri , e possibilitar sua absolvição sumária .
Ora, como se disse , havendo indícios suficientes de autoria delitiva e comprovada a materialidade , a presunção nos crimes de competência do Tribunal Popular do Júri é em favor da sociedade e não do réu , daí porque in dubio pro societate.
De fato, no caso de processos da competência do Júri , a absolvição sumária somente se dará se caso comprovado cabalmente e extreme de qualquer dúvida qualquer das circunstâncias que exclua o crime ou isente de pena o réu , dado que somente nessas hipóteses excepcionais é que no juditium accusationis poderá ser reconhecida, tudo em decorrência de preceito constitucional”.
A propósito:
“Absolvição sumária só se dá quando é justificada por tranquila e indiscutível prova de exclusão de crime ou de isenção de pena, razão por que sua decretação judicial não pode basear-se apenas na palavra do réu, principalmente sem bons antecedentes” (TJMG – RC. Rel. Gonçalves de Rezende, RT 533/381)”.
       Nessa linha de pensamento, pergunto: por que não foi ouvida a testemunha Jordan Altro, quando a própria Juíza diz que pegou os depoimentos das testemunhas como prova emprestada no outro processo? Por que eu – Pedro Paulo de Oliveira – colocado como vítima em todos os procedimentos policiais, fui excluído do processo principal e ouvido noutro, à parte, como testemunha e vítima? Por que a Juíza não considerou o pedido inicial do representante do Ministério Público pedindo, também, a condenação de Lincoln? Por que a audiência de instrução Julgamento referente ao Processo novo e estranho nº.0036396-98.2013.8.13.0028, foi marcada para uma segunda-feira e avisada numa sexta-feira, três dias antes? Por que nessa audiência o representante do Ministério Público ficou em silêncio e perguntado, posteriormente, por mim, se conhecia o outro processo, importante para o seu julgamento, disse que não e tinha por bem pedir a absolvição em processos dessa natureza e o faria?  
 Por Pedro Paulo de Oliveira.

Polícia detecta indícios de que sindicatos financiaram black blocs

Inquérito aponta que Sindpetro teria fornecido, além de dinheiro, transporte e alimentação a baderneiros, informa reportagem de ‘O Globo’

Sininho embarca para o Rio após ser presa em Porto Alegre

Sininho embarca para o Rio após ser presa em Porto Alegre (TV RBS/Reprodução)

A Polícia Civil do Rio de Janeiro detectou indícios de que sindicatos tenham financiado protestos organizados pelo grupo de 23 pessoas cuja prisão preventiva foi decretada na sexta-feira. As informações foram publicadas na edição desta terça-feira do jornal O Globo. Escutas telefônicas feitas com autorização da Justiça e depoimentos colhidos pelas autoridades da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática forneceram à polícia indícios de que o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), o Sindprev e o Sindpetro foram procurados pelos black blocs em busca de dinheiro.

De acordo com o jornal, a polícia acredita que o Sindpetro, Sindicato Unificado dos Petroleiros, tenha fornecido não só dinheiro como transporte, carros de som e alimentação a baderneiros que integraram manifestações com episódios de vandalismo, além de ocupações. A entidade teria cobrado em troca assinaturas contra o leilão do Campo de Libra. Ocorrido em outubro do ano passado, o primeiro leilão do pré-sal foi marcado por um confronto travado entre black blocs e agentes da Força Nacional de Segurança, na Barra da Tijuca, ao longo de mais de quatro horas.

Leia também:
Polícia prende black blocs com material incendiário e armas de fogo

Polícia prende Sininho e mais dezoito ativistas do Rio

As investigações apontam que Jair Seixas Rodrigues, o Baiano, seria o elo entre o sindicato e os manifestantes. Ele teria recebido dinheiro da entidade para mobilizar baderneiros para ocupar prédios, além de ter fornecido transporte ao grupo que realizou o protesto violento contra o leilão na Barra da Tijuca. “Financiado pela Fist (Frente Internacionalista dos Sem Teto) e pelo Sindpetro, Baiano teria pago a pessoas para praticar vandalismo durante o protesto contra o leilão de Libra”, diz trecho do inquérito publicado pelo Globo. “O mesmo teria acontecido nos atos Ocupa Cabral e Ocupa Câmara. Além das refeições, os financiadores teriam fornecido os materiais para confecção de cartazes e as passagens dos ativistas”, prossegue o documento.

Apontada como líder do grupo, Elisa Quadros, a Sininho, também foi flagrada em telefonemas buscando ajuda de sindicatos. Em uma das escutas, pede a um membro do Sepe marmitas para fornecer a manifestantes que integravam um protesto. Segundo o jornal, não é possível saber pelo áudio se ela conseguiu. O contato de Sininho no Sepe é Filipe Proença de Carvalho Moraes, conhecido como Ratão, um dos 23 com prisão preventiva decretada e que está foragido. Durante a greve dos professores no Rio, em outubro passado, o sindicatodeclarou “apoio incondicional” aos black blocs, que passaram a integrar os protestos da categoria promovendo lamentáveis cenas de vandalismo. Sininho ainda procurou o Sindpetro e o Sindprev (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência do Serviço Público Federal) em busca de marmitas para índios que participavam de uma assembleia organizada por ela referente à Aldeia Maracanã.

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/policia-detecta-indicios-de-que-sindicatos-financiaram-black-blocs

Justiça do Rio nega habeas corpus a 23 ativistas e 18 deles estão foragidos

Denúncia do MP diz que manifestantes queriam atear fogo na Câmara.
Advogados de defesa, OAB e deputados criticam a decisão do Tribunal.

Do G1 Rio

Protesto no Rio de Janeiro pede a liberdade de manifestantes presos/GNews (Foto: Reprodução GloboNews)

Na terça (15), protesto na porta do TJ pedia liberdade aos ativistas presos (Arquivo: Reprodução/GloboNews)

O plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) negou, neste domingo (20), habeas corpus a 23 ativistas que são acusados pelo Ministério Público de planejar ações violentas em protestos — tendo, inclusive, a intenção de incendiar a Câmara do Rio. A informação foi veiculada pelo Fantástico. Dos 23, 18 manifestantes estão foragidos. Entre os cinco presos, estão a ativista Elisa Quadros, a Sininho, e a dupla que teria provocado a morte do repórter cinematográfico Santiago Andrade em uma manifestação em fevereiro: Fábio Raposo e Caio Silva.

A decisão judicial, assinada pelo juiz Flávio Itabaiana, provocou críticas de deputados como Ivan Valente (Psol) e Jandira Feghali (PC do B). Em nota, ele disse que o magistrado quer intimidar os movimentos sociais. Já ela, afirmou que o documento entregue pelo MP “não tem provas”.

O Tribunal de Justiça do Rio informou ao G1que o habeas corpus foi negado porque somente o desembargador Siro Darlan, da 7ª Câmara Criminal, poderá conceder a liberdade aos ativistas, já que ele está vinculado à causa após aceitar outros pedidos de habeas corpus do caso.

Entre os 18 foragidos, há 11 ativistas que chegaram a ser presos, mas foram colocados em liberdade após a decisão de Darlan. São elas: Rebeca Martins de Souza; Bruno de Souza Vieira Machado; Emerson Raphael Oliveira da Fonseca; Pedro Brandão Maia; Felipe Frieb de Carvalho; Felipe Proença de Carvalho de Moraes; Rafael Rego Barros Caruso; Gabriel da Silva Marinho; Karlayne Moraes da Silva Pinheiro; Joseane Maria Araujo de Freitas; e Eloisa Samy Santiago .

No sábado, os últimos dois ativistas que estavam presos e não foram denunciados pelo Ministério Público do Rio por associação criminosa (formação de quadrilha armada) deixaram a prisão. Tiago Teixeira Neves da Rocha e Eduarda Oliveira Castro de Souza, que foram presos no último dia 12 com mais 17 pessoas, foram libertados do Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste.

Fábio Raposo e Caio Silva (Foto: Reprodução GloboNews)
Fábio Raposo e Caio Silva foram denunciados
(Arquivo: Reprodução/GloboNews)

Além de Sininho, Camila Aparecida Rodrigues Jourdan e Igor Pereira D’Icarahy tiveram a prisão temporária convertida em preventiva e, portanto, não deixaram o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste.

No final da manhã deste sábado (19) o advogado Wallace Martins, que defende Fábio Raposo, entrou em contato com o G1explicar a situação do seu cliente. Segundo ele, a decisão do juiz é absurda e ilegal. “Não tem a menor necessidade. Os fatos não tem relação direta com ele, que não pode causar problemas à ordem pública já que está preso desde fevereiro”.

Defesas
Lucas Sada, advogado do Sindicato dos Jornalistas do Rio, é também do Instituto Defensores dos Direitos Humanos (DDH), que representa seis clientes: Joseane Maria Araújo de Freitas, Gabriel da Silva Marinho, Karlayne Moraes da Silva Pinheiro, a “Moa”, André de Castro Sanchez Basseres, Pedro Guilherme Mascarenhas e Luiz Carlos Rendeiro Júnior, o “Game Over”.

Sobre o caso de Joseane, ele afirma que a denúncia é uma “peça de ficção”. “Ela participou de manifestações, sim, mas nunca participou de nenhum confronto com a polícia e não possui nenhum vínculo com os Black Bloc”, diz Sada, que afirmou que pretende entrar com um pedido de habeas corpus na segunda-feira (21) para seus clientes.

A Comissão de Prerrogativas da OAB-RJ também se manifestou e disse que as prisões “parecem ter caráter intimidatório”.

Durante prisão em 2013, Sininho se despede do namorado, conhecido como 'Game Over', ao ser levada para presídio em ônibus da PM (Foto: Estefan Radovicz/Agência O Dia/Estadão Conteúdo)
Habeas corpus pedido à Sininho não chegou a ser cumprido, após MP denunciá-la por associação criminosa (Foto: Estefan Radovicz/Agência O Dia/Estadão Conteúdo)

Os 23 denunciados pelo MP-RJ são:
– Elisa de Quadros Pinto Sanzi, vulgo “Sininho”
– Luiz Carlos Rendeiro Junior, o “Game Over”
– Gabriel da Silva Marinho
– Karlayne Moraes da Silva Pinheiro, a “Moa”
– Eloisa Samy Santiago
– Igor Mendes da Silva
– Camila Aparecida Rodrigues Jourdan
– Igor Pereira D’Iicarahy
– Drean Moraes de Moura Corrêa, “DR”
– Shirlene Feitoza da Fonseca
– Leonardo Fortini Baroni Pereira
– Emerson Raphael Oliveira da Fonseca
– Rafael Rêgo Barros Caruso
– Filipe Proença de Carvalho Moraes, o “Ratão”
– Pedro Guilherme Mascarenhas Freire
– Felipe Frieb de Carvalho
– Pedro Brandão Maia, o “Pedro Punk”
– Bruno de Sousa Vieira Machado
– André de Castro Sanchez Basseres
– Joseane Maria Araujo de Freitas
– Rebeca Martins de Souza
– Fabio Raposo Barbosa
– Caio Silva Rangel.

Retirados todos os corpos de mortos em queda de avião na Ucrânia

Cadáveres serão examinados por especialistas internacionais em Donetsk.
Queda de avião matou 298 e acirrou tensão na região separatista ucraniana.

Do G1, em São Paulo

Nenhum corpo é mais visível no local da queda do avião da Malaysia Airlines em uma área controlada pelos separatistas pró-russos no leste da Ucrânia, segundo um jornalista da France Presse que está no local.

De acordo com a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), cujos monitores acompanham o processo, 169 corpos das vítimas do voo MH17 da Malaysia Airlines foram transportados em um trem frigorífico e serão analisados por especialistas internacionais.

Segundo a agência de notícias russa Ria Novosti, citando um funcionário das ferrovias, os corpos foram levados para Donetsk a bordo de um comboio com cinco vagões frigoríficos que deixaram a estação de Torez, perto do local da queda.

Os vagões foram previamente inspecionados por representantes da OSCE. A expedição dos corpos ocorreu sob o controle dos combatentes separatistas.

Do lado ucraniano, um porta-voz militar afirmou que as autoridades de Kiev sabiam onde estavam 38 corpos, mas desconheciam o paradeiro dos demais.

De acordo com um jornalista da AFP no local, os rebeldes pró-russos que guardavam a região parecem ter ido embora. Equipes de resgate locais se recusaram a comentar o assunto.

O avião, com 298 pessoas a bordo, caiu na quinta-feira (17), intensificando a crise entre Ucrânia, separatistas pró-Rússia e a própria Rússia.

Os países ocidentais criticaram as restrições impostas pelos rebeldes no local da queda da aeronave, e pediram à Rússia para colocar pressão sobre eles para permitir mais acesso aos especialistas que vão investigar a causa do acidente. Observadores internacionais são esperados para visitar o local neste domingo.

Ainda neste domingo, os separatistas afirmaram ter encontrado “materiais que poderiam ser as caixas-pretas” do avião.

Um de seus líderes, Alexandre Borodai, garantiu que está pronto para entregar este material aos especialistas internacionais encarregados de elucidar as causas da queda, explicando que os rebeldes “não têm especialistas para analisar este material, que está atualmente em Donetsk”.

Washington acredita que Moscou forneceu baterias de mísseis aos separatistas pró-russos, mas que as recuperou após uma delas derrubar o avião, conforme informações publicadas pela imprensa sábado à noite.

Neste domingo, o presidente francês, François Hollande, a chefe do governo alemão, Angela Merkel, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, exigiram que o presidente russo Vladimir Putin obtenha dos separatistas pró-russos o acesso “completo e livre” à área onde o voo MH17, que fazia a rota entre Amsterdã e Kuala Lumpur, caiu.

O primeiro-ministro holandês Mark Rutte, cujo país perdeu 192 cidadãos no acidente, também conversou com Putin e pediu-lhe para “assumir a responsabilidade” por uma investigação com credibilidade, durante uma conversa por telefone, descrita como “muito tensa”.

A Ucrânia acusa a Rússia de ajudar os insurgentes a destruir provas que poderiam indicar seu envolvimento na suposta derrubada do Boeing 777 na quinta-feira à tarde.

Mas as autoridades russas sugerem que o novo governo de Kiev lançou o ataque para culpar os rebeldes e assim convencer os seus aliados ocidentais de ajudar a combatê-los militarmente.

Os rebeldes, que controlam o leste da Ucrânia desde abril, limitaram no sábado o acesso à área da queda aos 30 observadores da OSCE.

O secretário de Estado americano, John Kerry, afirmou a seu colega russo, Sergei Lavrov, que Washington estava “muito preocupado” com o fato de o acesso adequado ter sido proibido aos investigadores.

Depois desta conversa, Moscou emitiu uma declaração pedindo para que as “provas materiais, incluindo as caixas-pretas”, fossem entregues aos inspetores.

Mas Putin nega ter qualquer controle sobre os rebeldes e um de seus líderes enviou neste domingo um comunicado à imprensa anunciando as condições para permitir o acesso ilimitado à zona.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, se recusa a restabelecer um cessar-fogo até que os separatistas entreguem suas armas.

Neste domingo, o chefe de Estado tentava convencer os líderes internacionais a reconhecer as milícias como uma organização terrorista que devem ser julgadas no Tribunal Penal Internacional, em Haia.

O presidente francês, François Hollande, disse-lhe que a catástrofe do avião malaio era semelhante aos ataques de 2011 nos Estados Unidos.

“Não há nenhuma diferença entre o que aconteceu na Ucrânia e o que aconteceu em 11 de setembro nos Estados Unidos ou na tragédia de Lockerbie”, disse Poroshenko, referindo-se ao local onde o avião da Pan Am caiu, vítima de um ataque em que quase 300 pessoas morreram em 1988.

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/07/retirados-todos-os-corpos-de-mortos-em-queda-de-aviao-na-ucrania.html

Faxineira larga filhos para morar com ex-preso em ponto de ônibus no DF

Paraibano afirma que passou 26 anos na cadeia por ter matado 15 pessoas.
Assistentes sociais tentaram retirá-los do local, mas não obtiveram sucesso.

Raquel Morais Do G1 DF

Ex-presidiário e faxineira se abraçam em ponto de ônibus da DF-140, que virou abrigo após união (Foto: Raquel Morais/G1)

Ex-presidiário e faxineira se abraçam em ponto de ônibus da DF-140, que virou abrigo após união (Foto: Raquel Morais/G1)

Os mesmos versos que introduzem à história de amor de “Eduardo e Mônica”, questionando haver razão “nas coisas feitas pelo coração”, poderiam anunciar o entrelace improvável de um casal que atualmente mora em uma parada de ônibus na DF-140. Mas a reação inicial à união causa algum espanto: Maria [nome fictício], de 45 anos, largou os seis filhos para viver com o ex-presidiário João [também fictício], de 50, que diz ter passado 26 anos na cadeia por ter matado 15 pessoas.

Sempre me chamavam para resolver as coisas. Eu dizia que daríamos um jeito, que não podiam prejudicar pai de família. Apesar de o meu pai ser policial, eu não confiava nesse povo”
João, ex-presidiário

Os dois decidiram se mudar para o local, próximo ao Complexo Penitenciário da Papuda, há pouco mais de um mês. O homem foi posto em liberdade no final do ano passado e escolheu morar na rua para “não incomodar” familiares e amigos. Eles improvisaram uma barraca e sobrevivem com a ajuda de doações de quem passa pela região – inclusive de agentes da cadeia. A Secretaria de Segurança Pública informou aoG1 que João cumpriu pena por oito roubos qualificados.

Maria, que conheceu o companheiro há cinco anos, em uma confraternização ocorrida durante saidão, diz ter certeza da decisão tomada. Na época, a mulher já estava separada e trabalhava como faxineira em um bar. Os filhos, que hoje têm entre 16 e 22 anos, moravam com ela.

“Esse homem foi melhor do que ganhar na Mega Sena. Ele me dá tudo o que eu preciso, é só o ouro. Tem muita paixão, muito amor entre a gente. Eu o conheci e me apaixonei assim”, disse. “Eu não gosto que critiquem minha decisão. Meus filhos já não eram mais pequenos e hoje moram com a irmã mais velha. É um problema só meu.”

Natural de uma cidade do interior da Paraíba, João conta se dar bem com os enteados. Ele diz ser filho de um policial civil aposentado e afirma que praticou o primeiro crime quando ainda era menor de idade, depois de ouvir que a filha do vizinho havia sido estuprada. O ex-presidiário garante que matou 15 homens – e em todas as ocasiões usando um facão – com a intenção de fazer justiça e que nunca se aproveitou do crime para levar vantagem pessoal.

Fonte: http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2014/07/faxineira-larga-filhos-para-morar-com-ex-preso-em-ponto-de-onibus-no-df.html

 

MOBILIZAÇÃO NACIONAL

Realmente, depois do que foi apresentado dias atrás no Fantástico não nos resta outra alternativa…

Mobilização começa a tomar vulto na  Internet (única ferramenta com poder infinito, ainda em nossas mãos)

GOVERNO FEDERAL E POLÍTICOS ESTÃO PREOCUPADÍSSIMOS COM UMA GRANDE MOBILIZAÇÃO QUE COMEÇA A TOMAR VULTO NA INTERNET.

É, o clima
lembra o período que antecedeu a revolução
francesa. O terceiro
estado (povo esclarecido) clama por justiça. Há uma
enorme movimentação pela internet para reunir um milhão
de pessoas na Avenida Paulista pela demissão de toda a
classe política (ainda sem data marcada). Este e-mail
de convocação já começou a  circular e está sendo
lido por centenas de milhares de pessoas. É importante que
você repasse para todos os
seus contatos. A guerra contra o mau político, e contra a
degradação da nação está começando. Não subestimem o
povo esclarecido que começa a sair da inércia e de sua
zona de conforto para lutar por um Brasil
melhor. Todos os
”governantes” do Brasil, até aqui, falam
em cortes de despesas – mas não CORTAM despesas – querem o
aumentos de impostos como se não fôssemos o campeão
mundial em impostos. A história nos mostra que muitos
governantes caíram e até perderam suas cabeças exatamente
por isto.

Nenhum
governante fala em:

1.    Reduzir as mordomias
(gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes
burocráticos respectivos, carros, motoristas, 14º e 15º
salários etc.) dos poderes da
República.

2.    Redução do número de
deputados da Câmara Federal, e seus gabinetes,
profissionalizando-os como nos países sérios. Acabar com
as mordomias na Câmara, Senado e Ministérios, como
almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo
à custa do povo;

3.    Acabar com centenas de
Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem
para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e
3º emprego;

4.    Acabar com as empresas
Municipais, com Administradores a auferir milhares de
reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam
funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial
respectivo.

5.    Acabar com as Câmara
Estaduais, que só servem aos seus membros e aos seus
familiares.

6.    Redução drástica da
quantidade de vereadores, acabar com os salários de
vereadores, diminuir os gastos das Câmaras Municipais e das
Assembleias Estaduais.

7.    Acabar com o Financiamento
aos partidos, que devem viver da quotização dos seus
associados e da imaginação que aos outros exigem, para
conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, 5
partidos apenas, seria mais que
suficiente.

8.    Acabar com a
distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc.,
das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões
particulares pelo País;

9.    Acabar com os motoristas
particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas
extraordinárias… para servir suas excelências, filhos e
famílias e até, as ex-famílias.

10. Acabar com a renovação sistemática de
frotas de carros do Estado;

11. Colocar chapas de identificação em todos
os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros
oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer
familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras,
etc.;

12. Acabar com o vaivém semanal dos deputados
e respectivas estadias em hotéis de cinco estrelas pagos
pelos contribuintes;

13. Controlar o pessoal da Função Pública
(todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no
local de trabalho). HÁ QUADROS (diretores gerais e outros)
QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO
NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE CONSULTORIAS A CUIDAR DOS SEUS
INTERESSES.

14. Acabar com as administrações
numerosíssimas de hospitais públicos que servem para
garantir aos apadrinhados do poder – há hospitais de
cidades com mais administradores que pessoal médico. Às
oligarquias locais do partido no poder.

15. Acabar com os milhares de pareceres
jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos
escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o
governo, no âmbito de um tráfico de influências que há
que criminalizar, autuar, julgar e
condenar.

16. Acabar com as várias aposentadorias por
pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas,
que passaram fugazmente pelo
Legislativo.

17. Pedir o pagamento da devolução dos
milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos
contribuintes, e pagamento imediato dos precatórios
judiciais.

18. Criminalizar, imediatamente, o
enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo
os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios
de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e
aumentando preços de empreitadas públicas, desviando
dinheiros segundo esquemas pretensamente “legais”,
sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos
dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e
para a assistência aos que efetivamente dela
precisam.

19. Não deixar um único malfeitor de
colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente
pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a
padrões civilizados, onde as escutas valem e os crimes não
prescrevem com leis à pressa, feitas à
medida;

20. Impedir os que foram ministros de virem a
ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos
públicos ou de adjudicações decididas pelos
ditos.

21. Fazer um levantamento geral e minucioso de
todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de
forma a saber qual o seu patrimônio antes e
depois.

22. Pôr os Bancos pagando impostos e,
atendendo a todos nos horários do comércio e da
indústria.

23. Proibir repasses de verbas para todas e
quaisquer ONGs.

24. Fazer uma devassa nas contas do MST e
similares, bem como no PT e demais partidos
políticos.

25. Rever imediatamente a situação dos
Aposentados Federais, Estaduais e Municipais, que precisam
muito mais que estes que vivem às custas dos brasileiros
trabalhadores e, dos Próprios
Aposentados.

26. Rever as indenizações milionárias pagas
indevidamente aos “perseguidos políticos”
(guerrilheiros).

27. Auditoria sobre o perdão de dívidas que o
Brasil concedeu a outros países.

28. Acabar com as mordomias (que são abusivas)
da aposentadoria do Presidente da Republica, após um
mandato, nós temos que trabalhar 35 anos e não temos
direito a carro, combustível, segurança,
etc.

29. Acabar com o direito do prisioneiro receber
mais do que o salário mínimo por filho menor, e, se ele
morrer, ainda fica esse beneficio para a família. O
prisioneiro deve trabalhar para receber algum benefício, e
deveria indenizar a família que ele
prejudicou.

Já que
esses nossos políticos e governantes não querem fazer
reformas de fato, não querem passar o Brasil a limpo, cabe
a nós, povo esclarecido, fazer isto através da
mobilização em massa e ir para as ruas (sem vandalismo,
sem black blocs, que são contra a sociedade) manifestar a
nossa insatisfação.

Vamos
juntos, vamos mostrar que no Brasil o povo esclarecido pode
realmente mudar o rumo da história, já que pelas urnas vai
ser difícil, por motivos óbvios.

SE VOCE TIVER UM POUCO DE JUIZO… LEIA TUDO O QUE SE SEGUE

Fonte: http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/06/preparem-se.html

SE VOCÊ TIVER UM POUCO DE JUÍZO…LEIA TUDO O QUE SE SEGUE E PREPARE-SE PARA O QUE VEM PELA PROA !! NÃO VENHA DIZER MAIS TARDE QUE NÃO SABIA OU QUE NÃO FOI AVISADO. COMPARTILHE AO EXTREMO PARA SE TRANSFORMAR EM MAIS UM AVISO DE ABRANGÊNCIA NACIONAL POIS TEMOS A OBRIGAÇÃO DE EVITAR UMA GUERRA CIVIL SANGRENTA, O QUE MANCHARIA NOSSA HISTÓRIA.

SÓ PARA LEMBRAR…QUE AINDA ESTAMOS AQUI, ESTAMOS NAS RUAS E DE OLHO EM TUDO !! AOS DESAVISADOS, AOS QUE DESEJAM O CAOS, AOS QUE FEREM A CONSTITUIÇÃO FEDERAL, AOS QUE MINAM POR DECRETOS ESPÚRIOS A DEMOCRACIA BRASILEIRA… LEMBRAMOS QUE ESTAMOS MAIS VIVOS DO QUE EM 64 E QUE NENHUMA IDEOLOGIA É CAPAZ DE “FAZER CABEÇAS” DENTRO DAS FFAA BRASILEIRAS… O TRANCO VAI SER FORTE E QUEM NÃO ACREDITAR É BOM COMEÇAR O ORAR !! PODEM SE PREOCUPAR, PODEM SE DESESPERAR AQUELES QUE, POLÍTICOS OU NÃO, PERMITIRAM QUE A NAÇÃO CHEGASSE AO ATUAL ESTADO DE DEGRADAÇÃO POLÍTICO INSTITUCIONAL. NÃO QUEREMOS CHORO E LAMÚRIAS, NÃO QUEREMOS ARREPENDIMENTOS E ANISTIAS… PREPAREM-SE E NÃO DIGAM QUE NÃO FORAM EXAUSTIVAMENTE AVISADOS… O RECADO ESTA DADO !!!

FHC PASSOU MAIS DE 2 HORAS CONVERSANDO COM O COMANDO MILITAR DO SUDOESTE! PODE SER QUE TEM ENCRENCA PARA NÓS!!!

ALERTA PREZADOS CONTRIBUINTES ELEITORES! ALERTA! REPASSEM!! CUIDADO!! DEUS É BRASILEIRO!

1.GOLPE PT/DILMA EM GESTAÇÃO! ESQUERDISTAS QUEREM PLEBISCITO ENTRE 1 E 7 DE SETEMBRO DE 2014! E O TAL PLEBISCITO É INCONSTITUCIONAL ALÉM DE SER ILEGAL E DECRETAR O ANIQUILAMENTO DO CONGRESSO FEDERAL. DEPUTADOS E SENADORES PERDERIAM SUAS FUNÇÕES E O PRESIDENTE GOVERNARIA POR DECRETOS.

2.O QUE TERIA IDO FAZER FERNANDO HENRIQUE CARDOSO – FHC NO QUARTEL?!?!? LEIA ABAIXO!!

3.A SITUAÇÃO ATUAL É IGUALZINHA AOS 120 DIAS DO PRESIDENTE JOÃO GOULART ANTES DO CONTRA-GOLPE DE 1964: ESTADO TODO APARELHADO PELOS ESQUERDISTAS COMUNISTAS, INCLUSIVE O STF. GOVERNADOR DE MG MAGALHÃES PINTO CHAMOU OS QUARTÉIS PARA RESGATAR A ORDEM! ESSES COMUNAS NÃO TÊM JEITO.

BEM QUE RATINHO DO SBT FALOU MÊS PASSADO AOS ESQUERDOPATAS:
” …CUIDADO COM OS HOMENS DOS BOTÕES DOURADOS !!…”

E O FERNANDO GABEIRA DISSE:”…ESQUERDISTAS! CUIDADO QUE A POLÍCIA TÁ CHEGANDO!!”

Aquartelando-se, FHC? Será que FHC vai refugiar-se na caserna junto aos MILITARES? O que FHC foi fazer dentro do COMANDO MILITAR a procura de seu Comandante GENERAL DE EXERCITO JOÃO CAMILO PIRES DE CAMPOS (democrata linha duríssima) ?

Um dos maiores mistérios políticos dos últimos tempos é saber o que Fernando Henrique Cardoso foi fazer, segunda-feira da semana passada, na sede do Comando Militar do Sudeste, em São Paulo, em visita agendada, a pedido dele próprio, na sexta-feira anterior.

HÁ 25 DIAS, FHC DISSE”…OS BRASILEIROS NÃO SABEM O RISCO QUE CORREM!…”
O ex-Presidente ficou mais de duas horas no quartel do Ibirapuera – que é uma obra arquitetônica do comunista Oscar Niemeyer -, sendo diplomaticamente recebido pelo comandante, o General de Exército João Camilo Pires de Campos.

Não se sabe se FHC conversou sobre o Decreto 8243 – que muitos militares da ativa e na reserva consideram um “golpe institucional” baixado pela Comandanta em Chefa Dilma Rousseff.

DNA militar inegável… FHC nunca foi chegado aos ambientes de quartel, e sempre posou de “exilado” do regime de 1964. FHC é filho do General de brigada Leônidas Cardoso (um nacionalista que liderou a campanha do “Petróleo é Nosso” e chegou a ser deputado federal pelo PTB de Getúlio Vargas). Neto do também General de brigada Joaquim Ignácio Baptista Cardoso (que participou do Movimento Tenentista nas décadas de 20 e 30).

CURTA E COMPARTILHEM NOSSOS CANAIS:
BLOGGER: http://brazilnewsbr.blogspot.com.br/

FACE: https://www.facebook.com/pages/Brazil-News/272151322924690

FORUM : http://brazilnewsbr.blogspot.com.br/2014/02/forum-de-discussao-participem.html

Foto de Brazil News.
Foto de Brazil News.
Curtir ·  · 

Metroviários descartam paralisação no dia da abertura da Copa em SP

Em reunião, promotores tentaram reavaliar demissão de 42 funcionários.
Greve encerrada na segunda (9) durou 5 dias e foi julgada abusiva.

Marcelo Mora Do G1 São Paulo

Maioria decidiu manter as atividades durante a abertura da Copa. (Foto: Marcelo Mora/G1)

Maioria decidiu manter as atividades durante a abertura da Copa (Foto: Marcelo Mora/G1)

Os metroviários decidiram nesta quarta-feira (11) que vão trabalhar durante a abertura da Copa em São Paulo. A maioria dos trabalhadores que participou da assembleia na sede do sindicato descartou a retomada da greve no Metrô.

A paralisação já havia sido suspensa na segunda-feira (9), após a Justiça do Trabalho julgar a greve abusiva e 42 funcionários serem demitidos. Entretanto, os metroviários ameaçavam retomar o movimento caso o governador Geraldo Alckmin não suspendesse as punições. O governo não recuou da decisão.

Apesar disso, a assembleia decidiu não retomar a greve, mas os sindicalistas se comprometeram a intensificar a mobilização pelo cancelamento das demissões. O primeiro ato está previsto para 10h de quinta-feira (12), no Tatuapé.

A tentativa de negociar a readmissão dos funcionarios também foi tema de reunião de conciliação realizada nesta tarde no Ministério Público do Trabalho (MPT). Segundo o MPT, embora as partes não tenham entrado em acordo, o Metrô se comprometeu a levar à direção da companhia a proposta dos promotores.

Demitidos participaram de assembleia. (Foto: Marcelo Mora/G1)
Demitidos participaram de assembleia; sindicato
prometeu oferecer ajuda durante luta por
reintegração dos funcionários (Foto: Marcelo
Mora/G1)

Eles sugerem que as demissões sejam discutidas caso a caso com a apresentação das provas das faltas graves que motivaram as dispensas. O objetivo é dar chance para a apresentação de defesas e contraprovas.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metroviários, Altino Melo dos Prazeres, o risco de novas paralisações não está afastado. “Nós vamos fazer novas assembleias e há sim a possibilidade de novas greves, inclusive durante a Copa, mas sempre discutindo e decidindo junto com a categoria”, disse o presidente do sindicato.

Plano B
Nesta quarta, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) tinha afirmado que existia um plano de contingência para operar o Metrô na capital paulista caso o sindicato dos metroviários decidisse voltar a entrar em greve. De acordo com Alckmin, havia uma equipe reserva para trabalhar na quinta. “Nós temos um plano de contingência”, disse Alckmin pela manhã.

O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, também afirmou nesta quarta-feira que São Paulo teria um plano operacional de contingência. “Tem todo um plano de contingência operacional para garantir que todos os torcedores vão com segurança e a tempo”, disse. “A cidade de São Paulo tem grandes eventos e está preparada para isso.”

Histórico da greve
Na segunda-feira (9), os funcionários decidiram suspender até esta quarta-feira (11) a greve no Metrô. Foram cinco dias de paralisação, a mais longa na história do Metrô. Três propostas foram apresentadas na assembleia: a continuidade da paralisação, a suspensão até o dia 11 e o fim da greve.

Defendida pelo presidente do Sindicato dos Metroviários, Altino Melo dos Prazeres, a primeira proposta teria uma mudança em relação à principal reivindicação do movimento: no lugar do pedido de reajuste maior, entraria a readmissão de 42 funcionários demitidos por justa causa. A proposta não obteve maioria de votos. Partidários do fim da greve decidiram apoiar a segunda proposta: de suspender até o dia 11 a greve.

Demissões e negociação
Na segunda, a votação ocorreu após os sindicalistas sinalizarem que poderiam acatar a decisão da Justiça e aceitar o reajuste de 8,7%, conforme foi definido no dissídio pela Justiça do Trabalho. Entretanto, o grupo cobrava o cancelamento das demissões. Tanto o governador Geraldo Alckmin quanto o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, descartaram suspender as demissões.

Fernandes disse que 42 funcionários foram demitidos. “Infelizmente, esses foram os casos mais graves. Aqueles que vandalizaram, incitaram a população a pular a catraca, aqueles que usaram equipamento de som das estações e dos trens dando mensagens falsas, mensagens abusadas, esses foram primeiro”, disse. Fernandes diz ter provas dos atos com filmagens, fotos e testemunhas.

Segundo ele, essas 42 demissões já foram processadas e outros 13 casos ainda estão em análise.

Reunião sem acordo
Uma reunião de conciliação convocada pela Superintendência Regional do Trabalho, órgão do Ministério do Trabalho, terminou sem consenso entre sindicalistas e governo do estado. Os sindicalistas sinalizaram que aceitariam os 8,7% de aumento (eles pediam antes 12,2%) caso as demissões fossem canceladas.

“Não houve acordo. É inadmissível a volta dos 42 demitidos. Não houve acordo e não haverá readmissão em hipótese alguma”, disse Fernandes ao sair do encontro. Segundo Prazeres, a intenção do sindicato era encerrar a greve muito antes. “Poderíamos chegar a um acordo hoje se as demissões fossem negociadas”, disse.

Polícia de choque entra em confronto com metroviários em greve próximo da estação Ana Rosa (Foto: Nelson Almeida/AFP)Choque entra em confronto com metroviários próximo da estação Ana Rosa (Foto: Nelson Almeida/AFP)

 

Policiais tentam abrir estação Ana Rosa do metrô no 5° dia de greve (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)Policiais tentam abrir estação Ana Rosa do Metrô no 5° dia de greve (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)

 

Manifestante pula a catraca da estação de metrô Ana Rosa nesta segunda (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)Manifestante pula a catraca da estação de metrô Ana Rosa nesta segunda (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)
Estação Ana Rosa durante protesto nesta segunda-feira (Foto: Eduardo Gorio/ Vc no G1)Estação Ana Rosa durante protesto nesta segunda-feira (Foto: Eduardo Gorio/ Vc no G1)

Instalador Elétrico e Hidráulico (Encanador). Santa Rita do Sapucaí MG

Angello

Reparos em geral.

Elétrica: Instalação e Reparo de Chuveiro. Instalação e troca de tomada e interruptor. Instalação de lustre e luminária. Instalação de ventilador. Serviços de Telefonia, Antenas. Manutenção e instalação em CFCTV. Porteiro Eletrônico.

Hidráulica: Consertos de Torneiras Troca e reparos de torneiras, reparos de válvulas e caixa de descarga.

Montagem e Instalação de Eletro Eletrônico.

Montagem e Desmontagem de Móveis. Rapidez e Garantia.

Colocação de quadros e cortinas.

Montagem e instalação de móveis e prateleira.

Montagem e instalação de varal, suporte de TV. Colocação de Porta Sanfonada, Trico. Fechadura, Porta. Telas Mosqueteiras,

Troca de pneu furado

Conserto e reparo em Fogão a gás.

Reparo em Ar condicionado e elevadores prediais.

CARTA ABERTA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEF

Aparecida Pilon

CARTA ABERTA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEF

Presidente Dilma, meu nome é Teresa Rosa Lurdes de Souza, tenho 93 anos, e lhe desprezo. Com esforço, redijo esta carta com o verdadeiro desejo de cuspir em sua cara. Tenho nojo de você, sua pilantra, e de seuscomparsas criminosos. Seu governo comunista destruiu o Brasil, que tinha um futuro brilhante, mas agora já era. Estamos afundados até o pescoço em um mar de lama. Meus bisnetos irão crescer em um país infestado por marginais, homossexuais, travestis, ladrões, comunistas, bandidos. Sorte deles se conseguirem ir embora desse inferno.

Funk é patrimônio nacional? Que vergonha de morar num país desses, meu Deus. Vocês comunistas incentivam a imbecilização coletiva como forma de manipulação mental. Assim se perpetuam no poder, eleitos por um povo preguiçoso que não gosta de trabalhar, mas que recebe o bolsa-esmola.

Dona Dilma, vivi o bastante para poder dizer que o seu governo é o mais corrupto da história do Brasil. Nunca um governo roubou tanto do povo. Você não tem vergonha? Acredito que não, porque não acredita em Deus. Você não tem nenhum código moral a zelar. Por isso é comunista. E por isso foi terrorista. Quantos você matou? Nem deve lembrar, não é? Aquela metralhadora que você usava deve ter perfurado muita gente inocente.

O seu chefe, Lula, é o maior ladrão da história desse país. Você sabia que ele é bilionário segundo a revista Forbes? Não se faça de tonta, eu sei que você sabe disso tudo. Se o Lula não for preso, que mensagem daremos a nossas crianças? Que roubar vale a pena?

O seu partido é formado por vagabundos que não tem a menor vergonha de meter a mão no dinheiro público. Deus está vendo tudo, e a mão pesada Dele vai esmagar vocês, comunistas de merda. Eu lamento profundamente que nossos militares tenham entregado o poder tão rapidamente. Concordo com O Millôr Fernandes e com o Verissimo, no tempo dos militares era muito melhor. Bom, posso ter 93 anos, mas a esperança é a última que morre. Quem sabe tenhamos uma nova Revolução como a de 64? É o que o povo clama nas ruas. Despeço-me, dona Dilma, com um novo cuspe em sua cara.

Teresa Rosa Lurdes de Souza
Engenheira, CREA-RS n.32189-

Projeto de lei idiota quer proibir a importação de livros

Vicentinho_-_foto_Cristiano_Silva_divulgação_PT_12

Fonte: http://www.fabiocampana.com.br/2014/06/projeto-de-lei-idiota-quer-proibir-a-importacao-de-livros/

Líder do PT na Câmara Fe­­deral, o deputado Vicen­­tinho (PT-SP) apresentou um projeto que proíbe a compra de livros e outras publicações estrangeiras por órgãos públicos brasileiros. O deputado argumenta que a proibição seria uma forma de fomentar a produção gráfica nacional. A lei ainda está em estágio inicial de tramitação. Mas, se for aprovada, irá prejudicar universidades e institutos de pesquisa públicos que usam a produção acadêmica estrangeira como um de seus instrumentos de trabalho.

O deputado apresentou a proposta em 25 de março. Atualmente, o projeto está na Comissão de Serviço Público e depois passará pela Comissão de Trabalho e de Constituição e Justiça (CCJ). Caso não haja votos contrários nas duas primeiras comissões, o trâmite na CCJ será em caráter terminativo – ou seja, se aprovada, a matéria segue diretamente para o Senado.

A reportagem da Gazeta do Povo tentou entrar em contato com o deputado federal Vicentinho (PT-SP) para que ele explicasse o projeto e as razões para sua apresentação. Mas o parlamentar não deu resposta. Mas a assessoria da liderança do PT disse ter havido um “mal-entendido” sobre o escopo do projeto: o que o deputado buscava proibir era a compra de publicações produzidas no Brasil, porém impressas em outros países, como a China, por razões econômicas. Com isso, informou a assessoria de Vicentinho, seria possível proteger as gráficas brasileiras. Essas informações, porém, não constam nem no texto tampouco na justificativa do projeto de lei.

A assessoria do líder do PT ressaltou também que o projeto prevê a compra de publicações estrangeiras que não tenham similares no Brasil. No entendimento de Vicentinho, isso possibilitaria a assinatura de periódicos acadêmicos, por exemplo.

Ditadura

Porém, o professor de Filosofia Política Roberto Romano, da Unicamp, observa que já se tentou usar esse conceito de “similaridade” para livros durante a ditadura militar, por razões econômicas, com resultados desastrosos. “Não há como existir uma ‘publicação similar’. Pode até existir uma revista brasileira nos moldes da Nature [publicação científica internacional], mas os conteúdos são diferentes. Até porque pesquisar é trazer algo novo”, afirma Romano. “Não podemos retirar da comunidade científica fontes de informação.”

Romano destaca ainda o pensamento do etnólogo francês André Leroi-Gourhan: desde a Idade da Pedra, não existiu uma sociedade que não tenha evoluído sua ciência e tecnologia sem dois elementos fundamentais, o empréstimo e a invenção. Para conseguir inventar, uma sociedade precisa necessariament, “emprestar” ideias.

No Brasil de hoje, por exemplo, o neurocientista Miguel Nicolelis comanda o que talvez seja o mais ambicioso projeto científico do país – a construção de um exoesqueleto que permita que paraplégicos caminhem. Para isso, conta com a experiência de 156 pesquisadores espalhados por todo o mundo.

Sem sentido

Professor de Direito Administrativo da UFPR, Rodrigo Kanayama diz que a abrangência do projeto não é clara. O texto fala em “órgãos públicos” sem especificar se autarquias, como as universidades, seriam afetadas.

De qualquer forma, o projeto é nocivo. Ainda que não inclua as instituições de ensino e pesquisa, trata-se de uma tentativa de restrição ao acesso à informação – o que contraria a Constituição. Caso inclua, o retrocesso é ainda maior. Universidades federais e estaduais teriam de cancelar a assinatura de periódicos e bases de dados usadas em pesquisas nas mais diversas áreas.

“Não faz sentido priorizar as publicações brasileiras. O Brasil deve incentivar a importação e exportação de conhecimento, e não o contrário”, afirma Kanayama. Para ele, a proposta é contraditória com outras iniciativas do governo federal – como o programa Ciência Sem Fronteiras, que busca justamente ampliar a troca de conhecimento entre universidades brasileiras e estrangeiras. “Se a lei for aplicada, eu terei que desrespeitá-la para exercer o meu trabalho.”

O professor de Filosofia Política Roberto Romano, da Universidade de Campinas (Unicamp), reconhece no projeto uma “origem de direita, conservadora, reacionária e que tem pouco a contribuir com o aprimoramento das instituições políticas brasileiras”. Ele relembra que textos estrangeiros serviram como fundamento para movimentos que geraram grandes avanços sociais ao longo da história do Brasil. Um exemplo é a Inconfidência Mineira, que não seria possível sem a influência de pensadores norte-americanos e franceses.

A apresentação do projeto coincidiu com um momento no qual veículos estrangeiros, como os britânicos Financial Times e The Economist e a revista francesa France Football, fizeram críticas pesadas à economia brasileira e à organização da Copa do Mundo. Romano acredita, entretanto, que esse projeto tem mais a ver com uma visão distorcida de nacionalismo do que com esse episódio em particular. “É próprio de um pensamento supostamente nacionalista, mas que vai contra toda uma ideia de cultura, ciência, Estado e contra a própria vida moderna”, afirma.

A lição que o Brasil está prestes a dar ao mundo

não vai ter copa

Publicado originalmente no site Manual de Ingenuidades. O autor, Adriano Silva, é blogueiro e consultor digital. Antes, trabalhou na Abril e na Globo.

Há um pensamento em voga entre nós: devíamos sabotar a Copa, torcer contra, colaborar para que “não haja” Copa. Isto seria a coisa cívica e correta a fazer – usar a Copa do Mundo no Brasil não para vender ao mundo uma imagem boa do país, mas, ao contrário, para revelar nossas mazelas, para admitir nossas iniquidades diante do planeta.

Isto seria um levante contra “tudo isso que está aí” – o maldito padrão Fifa que não conseguimos alcançar e que nos humilha; nossa incapacidade histórica de fazer qualquer coisa honestamente, sem cobrar ou pagar propina; a economia que não anda; nossa ineficiência estrutural e nossa leniência crônica que nunca cumprem o que promete, que perdem prazos e desrespeitam contratos; nossa falência como nação que não consegue andar para frente em tantos aspectos essenciais; nossa incompetência em superar essa fenda social profunda que nos divide há séculos em duas castas que se odeiam, às vezes em silêncio, às vezes nem tanto.

Mas sabotar a Copa funcionaria também como uma espécie de autoexpiação pública e mundial, transformando nossas questões nacionais, internas, num inesquecível fiasco global. Como se a Copa do Mundo deixasse de ser uma festa para virar uma chibata. Como se o maior evento do planeta, que nos foi confiado e que nós brigamos para receber, não representasse um momento de alegria mas sim uma oportunidade de gerar constrangimento, vergonha, decepção e má publicidade.

Sorrir virou uma assunção de cretinice. Torcer pelas cores nacionais na Copa virou um crime. Exercer o gosto pelo futebol, um traço nacional, virou coisa de gente pusilânime.

O autor

 

O autor

Ao mesmo tempo, ver o Brasil mal retratado na imprensa de outros países virou uma alegria. Passamos a gostar da ideia de esfregar nossos aleijões na cara da audiência internacional – tendo especial regozijo ao ver a classe média do resto do mundo virar de lado e tampar o nariz. Adoramos jogar lama no próprio rosto. E convidamos os outros a nos enlamear também. Estamos torcendo para que as coisas funcionem mal, e para que tudo dê errado, e para que não consigamos fazer nada direito, para que tragédias aconteçam, para que tudo mais vá para o inferno.

Estamos vibrando com a derrocada daquilo que mais odiamos. E o que mais odiamos parece ser o Brasil. Como se o Brasil não fôssemos, tão e simplesmente, nós mesmos.

Tenho muita dificuldade de entrar nessa onda de autoimolação. E na inconsequência juvenil dessa postura “quanto pior, melhor”. Há um niilismo contido nesse pensamento, e um masoquismo meio piegas e vazio nessa proposta, um espírito de porco oco e doentio, que me desagradam profundamente. Talvez porque haja muita destruição aí – e eu seja um construtor. Talvez porque haja muita coisa prestes a ser posta abaixo, indiscriminadamente, e eu seja um criador que gosta de erguer obras. Não sou um demolidor de paredes. Então não consigo achar que botar fogo no circo com todo mundo debaixo da lona possa ser uma boa ideia. Talvez por já ter vivido fora do país, e visto o Brasil lá de fora. E por ter dois filhos brasileiros, que terão seu futuro próximo acontecendo por aqui. E por já estar vivendo meu 43. ano de vida. Já estou muito velho para achar que arrasar a terra possa facilitar o nascimento de alguma outra coisa sobre ela.

Fico imaginando esse mesmo pensamento noutros países. Cito apenas alguns. Você completa o quadro.

Na Copa de 2002, o Japão deveria, logo na abertura, fazer menção a seus crimes de guerra, que não foram poucos, pelos quais jamais se desculpou. Ou então alertar para o tratamento discriminatório até hoje imposto aos burakumin – pessoas  que exercem profissões “impuras”, como coveiros e açougueiros. Ou protestar contra a xenofobia, e o sentimento de isolamento (quando não de superioridade) racial que ainda hoje permeia a sociedade japonesa.

A Coréia, no mesmo ano, deveria denunciar seu patriarcalismo opressor e a violência doméstica contra mulheres que é uma espécie de direito adquirido dos homens por lá até hoje – quase 60% das esposas afirmam sofrer algum tipo de abuso dentro de casa.

Os Estados Unidos deveriam ter encerrado a Copa de 1994 com uma apoteose em forma de perdão pela barbaridade das duas bombas atômicas que atiraram covardemente sobre a população civil de duas cidades, em nome de um teste científico (afinal, gente amarela não é gente, né?) e de um aviso nuclear aos novos inimigos. Foram 250 000 mortos, entre crianças, mulheres, bebês, velhos, gestantes, recém nascidos. Ou então a apoteose deveria representar uma elegia às populações indígenas americanas massacradas. Ou aos mortos de todas as ditaduras que os Estados Unidos apoiaram ao longo de décadas, inclusive ensinando as melhores técnicas para “prender e arrebentar”, para vigiar e punir e esganar. Os Estados Unidos também poderiam se retirar da Copa, e também das Olimpíadas, bem como de todas as competições internacionais em que costumam brilhar, em protesto contra o fato de serem a maior economia do mundo e até hoje não terem tido a capacidade de oferecer um sistema público de saúde universal aos trabalhadores que produzem essa riqueza toda – quase 50 milhões de americanos simplesmente não tem a quem recorrer se ficarem doentes.

A África do Sul, em 2010, deveria ter alardeado sua liderança mundial em estupros – 128 estupros por 100 000 habitantes. (Ah, sim. Na Nigéria, que receberemos esse ano, o estupro marital não é considerado crime. A delegação nigeriana, composta de maridos, deveria entrar no Itaquerão empunhando essa bandeira?)

A Itália e a Espanha, as duas últimas campeãs mundiais, nem deveriam vir à Copa. Na Itália, o desemprego entre os jovens é de 38,5% – no Sul, a região mais pobre do país, a taxa é de 50%. Ano passado, 134 lojas fechavam diariamente na bota – mais de 224 000 pontos já fecharam no varejo italiano desde 2008. Na Espanha, o desemprego está batendo em 30% na população em geral. Entre os jovens, já encostou também nos 50%.

Ou seja, se fossem países sérios, Espanha e Itália não perderiam tempo e recursos participando de um evento da Fifa, essa corja internacional, e se dedicariam com mais a afinco a resolver seu problemas, que são muito graves. Trata-se de países à beira da bancarrota. (Só para comparar, a taxa de desemprego no Brasil, esse fim de mundo em que vivemos, é de 4,9%). Os americanos, se merecessem os hambúrgueres que comem, deveriam usar a visibilidade da Copa, já que nem gostam de futebol mesmo, para chamarem a atenção para a tremenda injustiça e para o absurdo descaso que enfrentam em seu sistema público de saúde. E, se tivessem um pingo de vergonha na cara, espanhois e italianos se recusariam a vir para a Copa, a torcer por suas seleções na Copa, e se postariam de costas para os televisores e sairiam quebrando vitrines (das lojas que ainda lhes restam) a cada gol de Iniesta ou de Balotelli. Mais ou menos como estamos planejando fazer por aqui em represália aos êxitos de Neymar e cia.

Eis a lição que o Brasil está prestes a dar ao mundo.